Açores: Actos consulares para a comunidade angolana serão realizados hoje na sede da AIPA

O Consulado-Geral de Angola em Lisboa realiza hoje, 06 de Julho, actos consulares massivos dirigidos à comunidade angolana residente em Ponta Delgada, na Ilha de São Miguel, arquipélago dos Açores.

Os actos consulares serão realizados na sede da Associação dos Imigrantes nos Açores (AIPA), sita na rua do Mercado, em ponta Delgada, no período 10h-16h (horas locais)serão coordenados pela responsável do sector de Notariado, Joana Feliciano.

publicidade

Faça já a sua assinatura: formulário de assinatura
Contactos editoriais: jornalkandandu@gmail.com

Publicidade: vivenviaspress@gmail.com

“A AIPA tem uma vasta experiência com este tipo de actividades. Tenho trabalhado com várias comunidades residentes na região dos Açores e é para nós um grande desafio e privilégio estar a fazer este trabalho de colaboração com a equipa do consulado de Angola em Lisboa. É também um sinal do reforço da cooperação institucional que vamos mantendo ao longo dos últimos dois anos”, disse a angolana Maria Cristina Borges, presidente da AIPA .

Dos actos consulares a serem realizados destacam-se: Inscrição Consular, Recenseamento Militar, Registo de Nascimento, Registo Criminal, Emissão e Reemissão de Passaporte Nacional,

O Director -Regional das Comunidades do Governo dos Açores, Paulo Teves, destacou o “esforço que tem sido feito” pela missão consular angolana no sentido de “corresponder às expectativas” da comunidade angolana residente na região.

“Destaco este esforço que tem sido feito de forma permanente pelo Consulado de Angola em Lisboa, de ir ao encontro dos seus cidadãos para tentar corresponder àquilo que são as suas expectativas, mas acima de tudo, este contacto humano que é necessário. (…) Tudo isso é extremamente importante, o Governo dos Açores e a Direcção -Regional das Comunidades aplaudem esta iniciativa das autoridades angolanas.”, disse Paulo Teves, após uma audiência concedida aos membros da missão consular angolana em Lisboa.

Periodicamente, o Consulado-Geral de Angola em Lisboa realiza actos consulares itinerantes, visando facilitar e regularizar a situação documental da comunidade angolana residente na sua zona de circunscrição. Em Abril foram realizados actos consulares para a comunidade residente na região do Algarve, sendo que em Junho último, a comunidade angolana no Funchal também beneficiou de apoio e assistência consular.

O Consulado-Geral de Angola em Lisboa existe desde 1994 e tem sob sua jurisdição, os membros da comunidade angolana residentes na zona de circunscrição de Lisboa, Castelo Branco, Santarém, Setúbal, Leiria e as regiões autónomas da Madeira e dos Açores.

Deixe o seu comentário