Açores: AIPA defende reforço da cooperação com a comunidade angolana

A Associação dos Imigrantes nos Açores (AIPA) pretende ver reforçada a cooperação com a comunidade angolana residente na região autónoma dos Açores. A intenção foi manifestada pela presidente da AIPA, Maria Cristina Borges, durante um encontro que manteve com o Cônsul-geral de Angola, Narciso do Espírito Santo Júnior, nos escritórios centrais da associação, em Ponta Delgada.

Durante o encontro, Maria Cristina Borges, mostrou total disponibilidade em trabalhar em prol do desenvolvimento social, cultural, cívico e académico da comunidade angolana nos Açores.

publicidade

Faça já a sua assinatura: formulário de assinatura
Contactos editoriais: jornalkandandu@gmail.com

Publicidade: vivenviaspress@gmail.com

“A AIPA tem objectivos concretos e bem definidos. Um dos nossos principais objectivos é o de contribuir para a integração das comunidades de imigrantes na sociedade açoriana. Felizmente, o processo de integração e adaptação dos angolanos nos Açores não tem sido difícil. É uma comunidade dinâmica, culta e adulta”, afirmou a presidente da AIPA.

Maria Cristina Borges, defendeu ainda a necessidade do reforço da cooperação institucional entre a AIPA e o Consulado-Geral de Angola em Lisboa:

“Esta visita do Dr. Narciso do Espírito Santo Júnior, é um sinal de que as relações entre as nossas instituições se estão a fortalecer. Temos uma relação institucional que deve ser sempre valorizada, respeitada e aprofundada. Pretendemos ter no nosso espaço uma sala de Angola, que será o ponto de partida para a futura Casa de Angola em Ponta Delgada “.

No final do encontro, Narciso do Espírito Santo Júnior, mostrou-se satisfeito com a visita e com o trabalho que tem sido desenvolvido pela AIPA.

“Gostei do encontro e faço votos de que a AIPA continue com o trabalho e projectos que tem desenvolvido. É importante fortalecermos as relações de cooperação com os parceiros institucionais e estamos aqui a lançar as bases de uma renovada dinâmica de trabalho com a AIPA, que desejamos que se possa materializar em novos e estruturantes projectos. É preciso valorizar, apoiar e respeitar o papel das associações comunitárias e fazer delas uma extensão da nossa actividade consular”, afirmou, o Cônsul -geral de Angola em Lisboa.

Integraram a comitiva, o vice-cônsul para o sector das Comunidades, Manuel Mário da Silva e outros funcionários da missão consular angolana. A delegação visitou as obras das futuras instalações da AIPA, localizadas no centro da cidade de Ponta Delgada.

A AIPA foi formalmente criada em março de 2003 e é uma associação reconhecida pelo Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural (ACIDI). Maria Cristina Borges é natural de Maquela Do Zombo, província do Uíge ( Angola), reside nos Açores desde janeiro de 1977 e é a primeira mulher a presidir a AIPA.

Deixe o seu comentário