Angola assina acordo de financiamento com Banco de Cooperação Internacional do Japão avaliado em 600 milhões de dólares

Gearbest Alfawise V8S Max UV Sterilization + Disinfectant Disinfection Wet and Dry Robot Vacuum Cleaner promotion

Uma delegação interministerial que inclui os ministros das Finanças, Archer Mangueira, dos Transportes, Ricardo Viegas de Abreu, e dos Recursos Minerais e Petróleos, Diamantino Pedro Azevedo, encontra-se de visita ao Japão desde terça-feira, 08 de Janeiro, reforçar a cooperação bilateral, assinatura de acordos comerciais e diversificação da economia.

Nesta quinta-feira, 10 de Janeiro, a delegação interministerial angolana rubricou um acordo de financiamento com o Banco de Cooperação Internacional do Japão (JBIC -Japan Bank for International Cooperation); uma Carta Contrato com a Nippon Export Investment Insurance (NEXI) e um contrato comercial com o consórcio Toyota Tsusho Corporation e a TOA Corporation, para o arranque do Projecto de Desenvolvimento Integrado da Baía do Namibe avaliado em 600 milhões de dólares.

Aproveitando a deslocação ao Japão da delegação interministerial, a Embaixada de Angola no Japão, o JBIC e o Instituto para o Desenvolvimento Estrangeiro do Japão, coorganizaram um seminário sobre investimento em Angola, que contou com a presença de mais de uma centena de empresários japoneses dos sectores da banca, transportes, recursos minerais e comércio geral.

Ainda durante a sua permanência em Tóquio, a delegação governamental angolana foi recebida em audiência pelo vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças, Taro Aso, pelo ministro de Estado da Economia, Comércio e Indústria, Yoshihiro Seki, e pelo vice-ministro dos Negócios Estrangeiros Norizaku Suzuki.

A delegação visitou igualmente a Bolsa de Valores de Tóquio e o Centro de Controlo de Tráfego Rodoviário de Tóquio.

Segundo um despacho assinado pelo Presidente da República, João Lourenço, e publicado nesta segunda-feira, 7 de Janeiro, o Governo angolano aprovou o Projecto de Desenvolvimento Integrado da Baía do Namibe, autorizando o projecto e a sua inclusão, para financiamento, na linha de crédito aberta para Angola pelo Banco de Cooperação Internacional do Japão (JBIC).

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.