Comunidades

Angola e Egipto assinam acordo de cooperação bilateral

Angola e o Egipto assinaram no fim da tarde desta quarta-feira, dia 30 de Março, em Cairo, capital da República Árabe do Egipto, seis (6) instrumentos jurídicos, no âmbito do reforço do estado de cooperação bilateral nos mais variados domínios entre os dois países.

Tratam-se dos seguintes instrumentos jurídicos:

1- Acordo sobre Supressão de Vistos em Passaportes Diplomatico e de Serviço entre o Governo da República de Angola e o Governo da República Árabe do Egipto.

2- Memorando de Entendimento para o Estabelecimento de Mecanismo de Consultas Políticas entre o Ministério das Relações Exteriores da República de Angola e o Ministério dos Negócios Estrangeiros da República Árabe do Egipto.

3- Acordo sobre o Estabelecimento da Comissão Bilateral entre o Governo da República de Angola e o Governo da República Árabe do Egipto.

4-Memorando de Entendimento entre a Academia Diplomática “Venâncio de Moura” do Ministério das Relações Exteriores da República de Angola e a Académia Diplomática do Ministério dos Negócios Estrangeiros da República Árabe do Egipto.

5- Memorando de Entendimento no domínio da Mobilidade Juvenil entre o Ministério da Juventude e Desportos da República de Angola e o Ministério da Juventude e Desportos da República Árabe do Egipto.

6-Protocolo de Cooperação no Domínio dos Desportos entre Governo da República de Angola e o Governo da República Árabe do Egipto.

Foram signatários dos Acordos, pela parte angolana, Sua Excelência Embaixador *Téte António, Ministro das Relações Exteriores e Sua Excelência Ana Paula Sacramento Neto, Ministra da Juventude e Desportos, enquanto que pelo Egipto, rubricaram os instrumentos jurídicos Sua Excelência
Sameh Shoukry, Ministro dos Negócios Estrangeiros e Sua Excelência Ashraf Sobhy, Ministro da Juventude e Desportos.

Os Governos de Angola e da República Árabe do Egipto têm envidados esforços no sentido de aprofundarem a sua cooperação nos mais variados domínios da vida político-diplomático,
económica, científico e cultural.

A sua relação visa aproximar os interesses comuns, bem como espelha a vontade das partes em alavancar esse intercâmbio bilateral, perspectivando a implementação dos Acordos,
ora assinados, que garantam vantagens recíprocas.

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo
%d bloggers like this: