Angola encerra representações comerciais no exterior

No documento, o ministro do Comércio, Jofre Van-Dúnem Júnior, informa que, “com carácter imediato e incondicional, devem as então Representações Comerciais de Angola no Exterior adoptarem procedimentos conducentes a cessação de funções nos termos da lei e concomitante regresso ao país dos funcionários de nomeação central que se encontram até a data em exercício de funções”.

As representações visadas são as de Espanha, China, Portugal, Brasil, Bélgica, Estado Unidos, Macau e África do Sul .

publicidade

A medida é justificada com a necessidade de se conformar a figura dos então Representantes Comerciais de Angola no estrangeiro ao Decreto Presidencial que aprova o Estatuto Orgânico do Ministério das Relações Exteriores para a categoria funcional de Adido Comercial junto das Missões Diplomáticas dos países de acolhimento e abrange, igualmente, o pessoal de recrutamento local.

O documento indica que, a partir do dia 28 de Fevereiro, “as Representações Comerciais deixam de ter despesas de pessoal, sob cominação de responsabilização do gestor da respectiva Representação Comercial”.

Fonte: Jornal de Angola.

publicidade

Faça já a sua assinatura: formulário de assinatura
Contactos editoriais: jornalkandandu@gmail.com

Publicidade: vivenviaspress@gmail.com

Deixe o seu comentário