B.leza festeja a morna

kalola Store

No passado dia 11 de Dezembro, a morna cabo-verdiana foi oficialmente anunciada como Património Imaterial Cultural da Humanidade pela UNESCO. Para festejar este reconhecimento, o B.leza apresenta vários concertos e bailes de música tradicional cabo-verdiana e a grande festa de aniversário do clube, que há 24 anos celebra este género musical, considerado popularmente “música-rainha” de Cabo Verde.      

Dia 13 de Dezembro – Concerto Princezito
Carlos Alberto Sousa Mendes, de nome artístico Princezito, nasceu em Cabo Verde, na ilha de Santiago, vila do Tarrafal – Monte Iria, zona onde a lendária cantadeira de Finason, Bibinha Kabral, viveu os últimos anos de vida, senhora de quem Princezito cobiçou a arte de cantar. Desde muito cedo despertou a admiração dos professores e dos colegas, pela originalidade na escrita e declamação dos seus próprios poemas, arte que aprendera em casa com os irmãos mais velhos. Durante os oito anos que viveu em Cuba, Princezito absorveu a grande diversidade cultural daquele país, dos ritmos e cantos afro-cubanos passando pela música popular e contemporânea. Foi o preceptor do projeto “AYAN”, registo discográfico que evidenciou a nova tendência do estilo Batuku e projetou a chamada geração Pantera. No B.leza apresenta-se com um grupo de Batuku, misturado com banda e convidados. “Este concerto será apenas uma viagem em todas as dimensões Crioula”, anuncia o cantor.

Dia 19 de Dezembro – Concerto Mbye Ebrima
É cantor, toca kora e é conhecedor da história dos seus. Mbye Ebrima vai estar no B.leza, mais uma vez, a dar a conhecer o seu trabalho e herança musical. A música faz parte, desde cedo, da essência de Mbye Ebrima: nasceu em Jarra Soma, na Gâmbia, numa família djéli: tocadores de kora e reputados conhecedores e divulgadores da história oral mandiga-kaabunké. Fez parte do grupo “Kora Symphony”, criado pelo presidente da Gâmbia, no qual foi um dos seis membros fixos e várias vezes solista. O contador de histórias já esteve no Senegal, no Zimbabué e na Tanzânia. Portugal é, desde 2015, a casa de Mbye Ebrima.

Dia 20 de Dezembro – Concerto “B.lezinha, o Conjunto de Baile”
Com a direcção do cantor e compositor cabo-verdiano Jon Luz, a banda B.leza, constituída por Calú Moreira (cantor cabo-verdiano) na voz, Vaiss na guitarra e direção musical, Renato Chantre no baixo, Kalú Ferreira nas teclas e Kau Paris na bateria), apresenta a segunda edição do “Conjunto de Baile”, dedicado à “Travadinha forever” e “Luís Moraes para sempre”. O músico cabo-verdiano Luís Morais foi precursor da música instrumental e considerado embaixador da música de Cabo Verde. O seu disco “Boas Festas” foi classificado património de Cabo Verde em 2015.

Dia 21 de Dezembro – 24.º Aniversário do B.leza
O clube festeja 24 anos de muitos concertos e muitas histórias. Para festejar este dia, esperam-se muitos dos artistas que já subiram ao palco B.leza. Nomes  como Ana Firmino, Anastácia Carvalho, Calú Moreira, Chalo Correia, Costa Neto, Dany Silva, Gerson Marta, Ivan Gomes, Jair, Jon Luz, Kalu Ferreira, Karyna Gomes, Kau Paris, Maria Alice, Mbye Ebrima, Micas Cabral, Mistah Isaac, Nancy Vieira, Nelo Carvalho, Nir Paris, Paló, Paolo Makossa, Susana Travassos, Tito Paris, Tonecas Prazeres, Tony Bat e muitos, muitos outros, fazem parte da nossa história.

B.leza Clube
Cais da Ribeira Nova, Armazém B. (Cais do Sodré) 1200-109 Lisboa geral.bleza@gmail.com| 210 106 837| Quinta a sábado das 22h30 às 5h | Quartas das 22h às 2h | Domingo das 19h às 2h | Encerra à segunda e à terça (excepto vésperas de feriado). Para mais informações ou entrevista com os artistas convidados – comunicacao.bleza@gmail.com ou 968 047 432

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.