Beefeater Pink oferece mural de arte urbana a Luanda

kalola Store

Está na Rua Friedrich Engels, em Luanda, desde terça-feira, 6 de Outubro, a mais recente obra de arte urbana assinada pelo colectivo Verkron, oferecida à cidade Capital por Beefeater Pink, o novo gin da marca mais premiada do mundo.  

O colectivo artístico Verkron – que integra os artistas Irad, Resem, Mac, Jafeth e Hemak, com intervenções urbanas desde 2011 e que surgiu na cena artística de Luanda em 2014 – foi responsável pela criação e execução desta obra de arte. 

Um tributo à resiliência dos jovens, sedentos por explorar os ambientes da cidade e por consumir a cultura e as emoções urbanas, o mural Beefeater foi pintado num muro degradado com 27 metros de largura e 3,5 de altura, que atrai, agora, olhares surpreendidos e curiosos de quem por ali passa. 

Os membros do movimento Verkron relacionam-se de forma intensa e profunda, na tentativa de criar um laboratório de relações humanas e experimentações criativas, que lhes permitam comunicar o grito da sua geração. 

“Quisemos celebrar a atitude dos jovens angolanos que, independentemente dos desafios a que estão sujeitos no dia-a-dia, valorizam uma nova urbanidade. São jovens que colocam no centro da sua atenção a cultura, a arte, o ambiente, o empreendedorismo, a diversidade e a convivência entre o passado e o presente. Graças esta forma de estar, absolutamente alinhada com os valores de Beefeater Pink, são também estes jovens que contribuem para tornar Luanda cada vez mais atraente, quer entre nós, quer fora do país”, salienta Joana Wilson, Trade Marketing Manager da Pernod Ricard.  

Fruto da fusão da experiência e do olhar individual dos artistas que constituem o colectivo, com diferentes percursos, formações e técnicas, os Vekron iniciaram o seu percurso com grafitti convencionais, evoluíram e estabeleceram-se no universo do neomuralismo, da fotografia, do vídeo e das instalações, com obras marcantes, culturalmente relevantes, cada vez mais aplaudidas pelos críticos de arte e, em particular, pelos amantes de arte urbana.

“Os Verkron personalizam os nossos exploradores urbanos e, por isso, não poderíamos ter escolhido mais ninguém para criar esta obra de arte de que tanto nos orgulhamos, que deixa a cidade ainda mais bonita, e que é propriedade de todos”, conclui Joana Wilson. 

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.