Carlos Feijó nega notícia da sua candidatura à presidência do MPLA

O jurista angolano, Carlos Feijó, reagiu à uma informação veiculada pelo portal Correio da Kianda, na edição deste domingo, 14, com o título: “Carlos Feijó pode tornar-se no próximo presidente do MPLA”.

Usando do direito de resposta, Carlos Feijó desmente a notícia avançada pelo Correio da Kianda e refere que ” O MPLA, enquanto partido tem as suas regras estatutárias sobre a eleição e indicação de candidatos à Presidente do partido”.

Na mesma nota, o jurista refere ainda que entre as suas opções ” nunca esteve e nem está qualquer pretensão de uma carreira política” para lá do que já atingiu ou do que já se dedicou no passado.

Carlos Maria da Silva Feijó, nasceu em Luanda aos 2 de janeiro de 1963. É Professor Titular na Universidade Agostinho Neto. Foi Ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República de Angola. Assessor do Presidente da República para os Assuntos Regionais e Locais. Exerceu ainda no início da década de 90, as funções de Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros. É actualmente secretário do BP do MPLA para a Reforma do Estado.

Leia na íntegra, o direito de resposta de Carlos Feijó:

Dr. Carlos Feijó - Direito de Resposta

Deixe o seu comentário