Angolanos no Mundo: Carlos Magro, o Kota das energias renováveis na Madeira

Cada encontro com este angolano, nado e criado no bairro da Maxinde em Malanje é um renovar de energias. Carlos Magro Esteves , nasceu a 01 de fevereiro de 1950 e é engenheiro mecânico de profissão. Herdou o engenho e arte do pai, Zé Paula Esteves, um conhecido mecânico e chefe da fábrica de descaroçamento de algodão da Cotonang em Malange.

As passagens pelas escolas Vasco da Gama, pela Escola Industrial Sá Viana Rebelo ( em Malanje ) e já em Luanda pela Escola Industrial onde foi colega de figuras como Paulo Kassoma, Fernando da Piedade ” Nandó” e Botelho de Vasconcelos. Vive desde 1975 na Madeira e há 22 anos na tranquila, bela e harmoniosa localidade da Calheta.

Ao lado da esposa, a Isabel Magro Esteves , a companheira de há 35 anos . Uma presença marcante é sua mãe, a D. Guiomar Magro Esteves , que apesar dos mais de 80 anos , vai mantendo a lucidez e memórias dos tempos. Uma família unida e alegre.

E assim mostramos mais uma série de ” Vivências e Afectos “, a história de uma Angola que acontece fora de Angola. De um filho da Maxinde que na Madeira se fez homem e é hoje uma ” autoridade ” em matéria de energias renováveis. Ele é o Kota das energias renováveis. É filho da nossa Angola. Obrigado pela amizade, carinho e respeito.

Deixe o seu comentário