Congratulamo-nos com a visita de João Lourenço a Portugal

Em representação da AIPA – Associação para os Imigrantes nos Açores, é com enorme regozijo que recebemos a visita de Sua Excelência, Dr. João Lourenço, Presidente da República Popular de Angola a Portugal. As nossas expectativas são elevadas, na medida em que, a relação entre estes dois Países têm laços de amizade muito fortes, ligações intrafamiliares e a partilha de uma língua comum.

A chegada de Sua Excelência ao cargo máximo e com a dinâmica que tem vindo a registar-se, mostra-nos que estamos perante um alto cargo que tem preocupações com o bem estar dos angolanos desde a educação, passando pela saúde e recuperação de uma economia aberta a vários países, por forma a proporcionar melhor qualidade de vida e bem estar a um povo, seja qual for o lugar onde reside, naquele espaço que se chama Angola e que todos deverão ter as mesmas oportunidades, direitos e deveres.

A esta distância sentimos essa mudança com bom grado e esperança que todo o seu empenho e dinamismo, se possa repercutir plenamente. Na Região Autónoma dos Açores residem cidadãos angolanos que por razões sobejamente conhecidas, tiveram que para lá residir. Constituíram família mas não esquecem as suas origens e através da Instituição que presido com os eventos que são realizados, mitigam as saudades e reencontram outros cidadãos que lá foram prestar serviço militar e partilham o mesmo sentimento, saudade e forte ligação emocional a Angola.

As visitas do Consulado Geral de Angola em Lisboa a S. Miguel para a concretização de actos consulares, participação em eventos realizados pela AIPA em estreitar laços de amizade e manifestar aos cidadãos a abertura e disponibilidade para a resolução e auxílio na regularização de documentação, para que possam obter licença de permanência, residência e oportunidade de trabalho, para que se sintam cidadãos no que confere toda a abrangência a que isto permite.

Na sequência destas visitas consulares, com o trabalho de comunicação social de Vivências Press News e com o levantamento exaustivo à Região Autónoma dos Açores dos angolanos residentes, proporcionou o conhecimento real do número de angolanos aqui residentes o que originou uma revista com entrevistas e conhecimento real de muitos cidadãos nesta Região a que foi dado o nome de Mukanda, referindo uma Angola que acontece fora de Angola.

Congratulamo-nos pois com a sua visita de Sua Excelência a Portugal e desejamos muito sucesso no percurso que iniciou para o bem estar de todos que têm esperança num futuro melhor e uma sociedade mais justa e igualitária. Votos de longa vida e que ambos os países estreitem cada vez mais os laços de amizade.

Maria Cristina Silva Borges Presidente da AIPA S. Miguel – Açores

Deixe o seu comentário