Conselho Superior da Magistratura Judicial demite juiz que agrediu amigo

kalola Store

O Conselho Superior da Magistratura Judicial (CSMJ) demitiu um juiz que, em Junho deste ano, agrediu um amigo com uma garrafa causando-lhe graves ferimentos, lê-se num comunicado a que a Vivencias Press News teve acesso.

No documento, o CSMJ refere que, após denúncias públicas da acção do juiz do Tribunal da Comarca do Libolo (Cuanza Sul) Pedro Jacinto Ucuahamba, a Comissão Permanente deste órgão instaurou um processo disciplinar que culminou na pena de demissão.

De acordo com o documento, a decisão foi tomada face ao relatório final, apreciado na terça-feira, em sessão ordinária da Comissão Permanente, que deliberou aplicar a Pedro Jacinto Ucuahamba “a pena de demissão”.

“Ponderados os factos, apurou-se que a conduta do referido magistrado, consubstanciada no arremesso de objecto contundente contra o cidadão António Gonçalves Delgado, num restaurante situado na Gabela, em horas normais de serviço, ferindo-o com certa gravidade, é incompatível com a postura que se exige para o exercício das nobres funções às que o referido magistrado está investido”, refere-se o comunicado.

Em Junho, familiares do cidadão agredido vieram a público denunciar a acção do juiz, amigo da vítima, que, devido a um desentendimento entre ambos, atacou-o com uma garrafa, na zona da cabeça, tendo o mesmo ficado gravemente ferido.

O facto foi noticiado pela imprensa local e, na altura, o CSMJ, em comunicado, informou que dada a gravidade da ocorrência tinha instaurado o competente procedimento disciplinar contra Pedro Jacinto Ucuahamba.

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.