Dennis Rodman pode participar na cimeira entre Trump e Kim Jong-Un

O antigo jogador da NBA Dennis Rodman pode ser o “elemento surpresa” da cimeira histórica entre os líderes dos EUA e da Coreia do Norte, no dia 12 de Junho, em Singapura.

Segundo a imprensa norte-americana, Rodman chega à cidade na véspera do encontro, ou seja, na segunda-feira, não estando descartada a possibilidade de participar activamente no encontro entre Donald Trump e Kim Jong-Un.

A presença de Rodman no encontro não foi oficialmente confirmada por nenhuma das partes, mas uma fonte explicou ao The New York Post .

“Muitas vezes, em casos diplomáticos complexos, os países procuram encontrar embaixadores de boa vontade, que ajudem na aproximação.Quer se goste ou não, Dennis Rodman preenche todos os requisitos”, disse a mesma fonte ao referido jornal.

O polémico atleta é um dos poucos ocidentais com “livre acesso” à Coreia do Norte. A primeira das cinco vezes que visitou Pyongyang foi em 2013 e, na altura, considerou o líder norte-coreano “um amigo para a vida”.

Rodman descreveu sempre as suas viagens como sendo “diplomacia de basquetebol” e, em junho do ano passado, disse que “tentava apenas abrir a porta” a um entendimento entre os dois países com a sua presença na Coreia do Norte.

Fonte: Jornal de Negócios.

Deixe o seu comentário