Descarga na Ilha de Luanda põe autoridades em alerta

kalola Store

O Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente tomou conhecimento, nas últimas horas do dia 15 de Abril, da ocorrência de uma descarga de material contaminado que afectou a zona balnear, nomeadamente das praias próximas da rotunda do posto de abastecimento da Pumangol até à zona do restaurante Jango Veleiro, na Ilha de Luanda.

Aquele Ministério informou, em comunicado de imprensa, que as observações preliminares evidenciaram uma potencial descarga de dimensões reduzidas. A origem dá descarga é até ao momento desconhecida, mas é provável que tenha ocorrido a sul da Ilha de Luanda.

No local desde as primeiras horas de hoje, 16 de Abril, esteve uma equipa da Operação Transparência no Mar (Capitania do Porto de Luanda, Instituto de Investigação Pesqueira e Marinha, Unidade de Derrame, Ministério dos Recursos Minerais e Petróleos e Polícia fiscal) a fazer uma avaliação preliminar.

Logo que possível serão realizados testes adicionais em parceria com outros departamentos ministeriais do Executivo, para se chegar a conclusões mais aprofundadas.

Neste momento, as autoridades apelam aos munícipes de Luanda, em especial aos moradores daquela área, para manterem a calma e a serenidade, enquanto decorrem as referidas diligências periciais. Oportunamente e assim que possível serão divulgados os resultados das análises em curso.

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.