Dois antigos primeiros-ministros angolanos colocados na administração da Sonangol

kalola Store

O Presidente angolano, João Lourenço, nomeou hoje como administradores não executivos da petrolífera estatal Sonangol dois antigos primeiros-ministros, Lopo do Nascimento e Marcolino Moco, este último contestatário do chefe de Estado anterior, José Eduardo do Santos.

O anúncio foi feito pela Casa Civil do Presidente da República em nota dando conta que foram feitas “por conveniência de serviço público”.

Os antigos primeiros-ministros Lopo  do Nascimento e Marcolino Moco, passam a integrar o conselho de administração da Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol), liderada desde novembro por Carlos Saturnino, como administradores não executivos.

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.