Em 2018 quero que aconteça…

kalola Store

Já perdi a conta de quantas pessoas disseram frases a começar desta forma à minha volta, nas últimas duas semana.

No novo ano quero que aconteça isto, quero que aconteça aquilo, que conquistar isto, quero alcançar aquilo. Muitos desejos, muitas resoluções, muitos sonhos.

O que vejo são poucos planos de ação para concretizarem todas essas coisas.

Já te perguntaste porque é que ano vai e ano vem, e os sonhos que tens são os mesmos? Os objetivos que traças são iguais, as frases são as mesmas…

As pessoas falam como se de dia 31 de Dezembro para 1 de Janeiro se abrisse um portal que nos teletransportasse para um universo paralelo onde tudo vai ser diferente.

As coisas não funcionam assim. Os teus resultados só mudam se mudares de atitudes. As tuas atitudes só mudam se mudares a forma como lidas com as tuas emoções. E isso só muda se mudares de mentalidade.

Nestas últimas semanas, exatamente por causa desse pensamento de que, mudando de ano, há qualquer coisa no ar que muda, ficamos todos motivados e contentes e até começamos a fazer coisas novas. Mas que nunca permanecem, desistimos depois de algumas semanas, nunca terminamos o que começamos, e no ano seguinte lá estamos outra vez enganados de que uma data irá mudar a nossa vida.

Pergunto-te quantos anos mais queres fazer isto? Quantos anos mais vais aguentar ter esperança para depois não cumprires os teus objetivos?

Falei sobre mudança de mentalidade, mudança de pensamentos, de controlo emocional, de atitudes… É isto que vai fazer a diferença.

Mudança de mentalidade parte do princípio que:

  • Saibas que és tu que tens que mudar, não o ano.
  • Saibas que a meia-noite entre 31/12 e 1/1 não é um portal de desejos
  • Saibas que tens que criar um plano de ação que te permite saber o que tens que fazer entre o desejo e a realização
  • Saibas que talvez seja hora de te afastares de pessoas que te atrasam, e aproximares de pessoas que te motivam.
  • Saibas que a mudança não depende de ninguém (cônjuge, patrão, amigos) ou de nada (governo, crise, empresa), a não ser de ti.
  • Saibas que tudo tem o seu tempo de processo, e que terás de ter automotivação, perseverança e resiliência.
  • Saibas o que quer dizer resiliência
  • Saibas que tudo é passo a passo, por isso desfruta de cada pequena evolução.

A única forma de este não ser mais um ano é que tu não sejas mais um. Traz a responsabilidade para ti.

Até para a semana!

Desejos de um ano de muitas mudanças!

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.