Estudantes angolanos em Wuhan estão estáveis

kalola Store

Os cerca de 50 angolanos que estudam na cidade chinesa de Wuhan (onde teve início o surto da covid-19) estão estáveis, garantiu esta sexta-feira, em Luanda, o embaixador daquele país asiático em Angola, Gong Tao.

Em declarações à imprensa, depois de oferecer mil colchões e 20 cadeirões a um centro de acolhimento para meninos de rua e famílias carenciadas, o diplomata chinês explicou que Wuhan já está a revitalizar-se.

“Os estudantes estão todos saudáveis e a retomarem a vida normal, embora terem passado dois meses difíceis de quarentena. Mas valeu  a pena o sacrifício de todos para não ficarem infectados (com a covid-19)”, assegurou. Na China há duas angolanas internadas com a doença.

O embaixador Gong Tao afirmou que, agora, o mais importante é a China recuperar a sua economia, procurando produzir bens para servir o mercado mundial.

Fonte: Angop

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.