Explosão de engenho deixa 4 pessoas em estado grave

Gearbest Alfawise V8S Max UV Sterilization + Disinfectant Disinfection Wet and Dry Robot Vacuum Cleaner promotion

Entre as vítimas, estão seis crianças que receberam os primeiros socorros no Centro Materno-Infantil no Golfe 1. Dado a gravidade dos ferimentos, as vítimas foram transferidas para o Hospital Geral de Luanda, onde se encontram internadas.

A directora clínica do Hospital Materno-Infantil do Golfe 1, Rosa Camilo, disse que foram surpreendidos, por volta das 11 horas, com a ocorrência de vários pacientes com traumatismos e alguns em estado de choque. Acrescentou que, dos treze feridos, estão duas crianças que perderam os membros inferiores.

“Procuramos antes estabilizá-los e, posteriormente, encaminhá-los ao Hospital Geral de Luanda para um melhor acompanhamento em termos clínicos”. Para transferir as vítimas, o Centro Materno Infantil disponibilizou três ambulâncias e teve ainda de recorrer ao INEMA e aos Serviços de Protecção Civil e Bombeiros.

Testemunhas no local disseram à reportagem do Jornal de Angola que o engenho explosivo estava entre os objectos metálicos que as crianças apanharam na rua para vender a um comprador de ferro velho.

Rodrigo Cangila, de 15 anos, encontrava-se dentro de uma pizzaria e disse ter visto um menino com o explosivo na mão. “Pedi-lhe que deitasse o objecto e ele acabou por atirá-lo ao chão e, nisto, deu-se a explosão, que deixou quase todas pessoas que se encontravam na pizzaria desmaiadas”.

A ministra da Saúde, Silvia Lutucuta, deslocou-se ao Hospital Geral de Luanda para avaliar a situação das 13 vítimas da explosão de um engenho ainda não identificado pelas autoridades. Silvia Lutucuta disse que, entre os feridos, quatro estão em estado grave, tendo inicialmente recebido assistência médica na unidade hospitalar do Avô Kumbi, no Kilamba Kiaxi.

Com o apoio do INEMA (Instituto de Emergência Médica), os sinistrados foram transferidos para o Hospital Geral de Luanda, para melhor atendimento. Dos feridos em situação crítica, dois sofreram ainda ontem intervenção cirúrgica.

Fonte: Jornal de Angola.

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.