Figuras públicas solidárias com os activistas detidos no último sábado

kalola Store

Anselmo Ralph, Eva Rap Diva, Preto Show, Pérola, Nsoki e Gilmário Vemba foram algumas das figuras públicas que escreveram, neste domingo, 25, nas suas redes sociais, contra a força policial protagonizada no último sábado, 24, quando jovens tentavam manifestar-se em Luanda.

As diversas figuras públicas usaram as redes sociais para partilhar algumas imagens captadas durante uma manifestação em Luanda com o objectivo de reivindicar melhores condições de vida, mais emprego e a realização das primeiras eleições autárquicas em Angola. A manifestação, promovida por activistas sociais, estava convocada há mais de três semanas e os organizadores reuniram-se antecipadamente com o chefe de operações do Comando Provincial da Polícia Nacional, com quem definiram a rota da manifestação e superaram algumas divergências de pormenor.

O músico internacional, Anselmo Ralph, destacou a coragem dos jovens manifestantes afirmando que eles foram tidos como malfeitores por reclamarem os seus direitos, mas a verdade é que “a coragem de poucos irá beneficiar a todos nós e para benefício, inclusive, da própria polícia”, apontou.

rapper Eva Rap Diva reagiu aos recentes pronunciamentos da Governadora Provincial de Luanda, Joana Lina, dizendo que o método da ameaça já não resulta.

“Estão perante uma geração que sabe que não tem nada a perder. O Governo deve apresentar soluções, se não tiver, fora”, frisou.

Preto Show, em desabafo, escreveu: “hoje pensei e chorei por não ter ido à manifestação, lutar para contribuir para a mudança do País” e sublinhou que há muita fome e miséria em Angola.

“Estou preparado para lutar convosco em todo o lado”, comprometeu-se.

O humorista Gilmário Vemba escreveu “mostra-se a violência de quem se defende e oculta-se a de quem constantemente ataca. O tirano só é grande porque estamos de joelhos”, criticou.

A conceituada cantora e diva da música contemporânea, Pérola, escreveu no seu Facebook que “precisamos de nos unir em torno da criação de mais oportunidades”, disse.

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.