Foi o Sorriso

Um sorriso atrevido, um olhar que vai dizer, ou um gesto por
conter…

Se o sorriso for para mim e com ele me trouxeres, qualquer gesto
feito de rima, eu sorrio para ti, com travessuras de menina.
Nesse sorriso de menino, tem um jovem bem bonito, vem vestido
em corpo de homem, carregado de sentido.
Eu olho e sorrio também, na vontade de lhe tocar, os dedos correm
a pele, a boca percorre o corpo, com vontade de me doar…
Na troca dos nossos sorrisos, há vontades escondidas,
há momentos divertidos e aqueles que foram vividos.
Ficam cantos por cantar, histórias contadas e conversas
encontradas nas lembranças engraçadas destes sorrisos tão nossos.
Neles a troca é tão fácil, onde o amor é feito de emoção com
temperos de paixão.
Há ternura que fica no corpo e a roupa que fica no chão.
E em cada sorriso meu, há gargalhadas que são tuas.
E em cada sorriso teu, há peles que ficam nuas…
Eu vivo no teu sorriso, tal como tu vives no meu.
E o sol, as estrelas e a lua, são apenas sorrisos soltos
de duas crianças traquinas, que soltam sorrisos na rua.
O meu sorriso diz ao teu, anda cá dá-me a mão, e o teu sorriso diz para o meu, toma lá, eu dou-te a lua.
E neste enlaçado de mãos, dou por mim a ficar nua, porque na malícia dos sorrisos, há olhares que desnudam os sentidos, há desejos escondidos, que terminam em sorrisos…
#vivenciaspress #vivenciaspressnews #vpnews