Fórum de Davos aponta Vera Daves como jovem líder mundial

kalola Store

O Fórum Económico Mundial (FFE) revelou esta sexta-feira, 16, os 112 jovens líderes globais com menos de 40 anos mais promissores do mundo, envolvidos em actividades que vão da defesa da saúde pública à campanha pela inclusão na pesquisa médica. A ministra das Finanças, Vera Daves, está indicada na categoria “figuras públicas”, na lista dos jovens líderes escolhidos em 2021 que tem representantes de 56 países.

“Os membros participarão num programa de cinco anos, que oferece cursos de educação executiva, expedições e oportunidades de colaboração e confronto de ideias numa rede confiável de pares”, refere um comunicado da organização que se reúne todos os anos, no mês de Janeiro, em Davos, na Suíça, mas que este ano adiou a sua reunião anual devido à pandemia.

“A Classe YGL (Young Global Leaders, sigla em inglês) de 2021 é composta por líderes ponderados e corajosos que irão moldar uma era pós-pandemia mais sustentável e inclusiva”, disse Mariah Levin, Chefe do Fórum de Jovens Líderes Globais, citada no comunicado enviado às redacções.

“Estamos muito satisfeitos por dar as boas-vindas à classe de 2021 num momento em que a cultura de uma liderança responsável é necessária mais do que nunca para nos orientar através dos múltiplos desafios que o mundo enfrenta”, lê-se ainda na nota do FFE.

O próximo Fórum de Davos “será o primeiro evento global de líderes a abordar a recuperação mundial da pandemia”.

O Fórum de Jovens Líderes Globais foi constituído em 2005 por Klaus Schwab, fundador e presidente executivo do Fórum Económico Mundial, “para criar um mundo onde os líderes assumam a responsabilidade por um futuro sustentável, ao mesmo tempo que enfrentam desafios cada vez mais complexos e inter-relacionados”.

Hoje, existem 1.400 membros e ex-alunos de mais de 120 países. Membros notáveis que incluem os primeiros-ministros Jacinda Ardern (Nova Zelândia) e Sanna Marin (Finlândia), o presidente Carlos Alvarado Quesada (Costa Rica), o actor Yao Chen, a advogada Amal Clooney e o cineasta Wanuri Kahiu.

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.