Funcionária da TAP detida por suspeitas de tráfico humano com origem em Angola

Uma funcionária da TAP foi detida pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) no aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, por suspeitas de tráfico humano, avança a edição do Correio da Manhã desta segunda-feira, 28 de Outubro.

À rádio Observador, esta manhã, o SEF confirmou que a mulher foi detida no sábado e que a funcionária tem “funções nos escritórios da empresa em Luanda”.

publicidade

De acordo com o jornal, a suspeita vinha acompanhada por uma mulher e duas crianças, uma de um e outra de sete anos de idade, sem documentos válidos para entrar em Portugal.

A funcionária, de 31 anos, que viajava como passageira num voo da TAP vindo de Luanda (Angola), foi detida depois de aterrar no aeroporto Humberto Delgado. Em causa estão crimes de auxílio e associação de auxílio à imigração ilegal e tráfico de seres humanos.

A funcionária vai ser presente a tribunal esta segunda-feira à tarde. Em causa estarão os crimes de auxílio e associação de auxílio à imigração ilegal e tráfico de seres humanos, segundo o Correio da Manhã.

publicidade

Faça já a sua assinatura: formulário de assinatura
Contactos editoriais: jornalkandandu@gmail.com

Publicidade: vivenviaspress@gmail.com

Fonte: Correio da Manhã.

Deixe o seu comentário