Futebol une as duas Coreias

Momento histórico com Pyongyang a receber o primeiro jogo oficial entre os países. Viu-se a bandeira e ouviu-se o hino da Coreia do Sul.

Mais uma vez, o futebol venceu a política, mesmo que apenas durante 90 minutos. As seleções femininas da Coreia do Norte e da Coreia do Sul defrontaram-se sexta-feira, 7 de abril, em Pyongyang , naquele que foi o primeiro jogo oficial entre equipas dos dois países realizado em terreno norte-coreano. Foi um jogo de unificação entre os dois países, com as claques empunhando bandeiras que mostravam toda a península coreana ao invés dos símbolos do seu país.

A única vez que tal tinha acontecido foi há quase 27 anos, em 1990, mas num particular entre as formações masculinas. Desta vez a partida ( 1-1) contava para o Grupo B de apuramento asiático do Mundial 2019, com 42.500 pessoas a lotarem o estádio . Para que o jogo acontecesse, o governo da Coreia do Sul exigiu garantias de segurança para as suas jogadoras.

Os dois países estão em conflito há mais de 60 anos, a relação mantém-se tensa desde o fim da guerra na península (o armistício foi assinado em 1953) e tem piorado nos últimos anos devido ao lançamento de mísseis de testes por parte da Coreia do Norte. Neste contexto, quem diria que seria possível, em Pyongyang, ver hasteada a bandeira e ouvir-se o hino da Coreia do Sul?

Deixe o seu comentário