Gastronomia angolana presente na Feira Sabores de Perdição em Castelo Branco

“Característicos e únicos, os nossos produtos sabores e saberes são cada vez mais valorizados, numa sociedade onde se verifica um crescente interesse e procura por verdadeiras experiências gastronómicas e culturais”, refere uma nota da Câmara Municipal de Castelo Branco.

Os Sabores de Perdição, pretendem apoiar a promoção e divulgação dos produtos de excelência de Castelo Branco, potenciando uma comercialização directa e eficaz, correlacionando o acontecimento com a necessidade de praticar uma alimentação saudável.

Pela primeira vez o certame, que promove vários sectores da região, nomeadamente a gastronomia, realiza-se em dois fins de semana diferentes: de 31 de Maio a 2 de Junho e de 7 a 10 de Junho.

Outra grande novidade é a presença da gastronomia angolana nesta edição da Feira Sabores de Perdição, com a realização esta sexta-feira, 7 de Junho, de um evento denominado Workshop de Gastronomia Angolana orientado pela profissional de cozinha angolana Josefa Pedro. Está programada uma actuação do grupo de música tradicional angolana, Jovens do Hungo.

“É um enorme desafio, é uma grande responsabilidade representar Angola nesta edição da feira Sabores de Perdição. O workshop terá dois momentos distintos: um em que os participantes terão a oportunidade de provar os pratos típicos da nossa terra e, um outro momento, em que vão aprender todo o processo de preparação desses mesmos pratos. O calulu de peixe, a moamba de galinha, o menha ya ndungo, o caldo de peixe são alguns dos pratos que irei apresentar”, disse Josefa Pedro.

A actividade terá a presença do embaixador de Angola em Portugal, Carlos Alberto Fonseca, do cônsul-geral de Angola em Lisboa, Narciso do Espírito Santo Júnior, e do adido cultural da embaixada de Angola em Portugal, Luandino de Carvalho.

Deixe o seu comentário