General “Kianda” reúne com cadetes angolanos da Escola Naval de Lisboa

O ministro da Defesa Nacional, general Salviano Sequeira “Kianda”, tranquilizou os 128 cadetes angolanos que se encontram a frequentar cursos de oficiais na Escola Naval de Lisboa, garantindo-lhes que muitos dos problemas enfrentados vão ser resolvidos em breve .

O general Salviano Sequeira “Kianda” reuniu-se, quarta-feira, em Almada (Portugal), com alguns dos 128 cadetes angolanos, no último dos três dias da visita oficial a Portugal, que teve como objectivo analisar e reforçar as relações entre os dois países na área da Defesa.

publicidade

Faça já a sua assinatura: formulário de assinatura
Contactos editoriais: jornalkandandu@gmail.com

Publicidade: vivenviaspress@gmail.com

Os cadetes queixaram-se, fundamentalmente, de atraso no pagamento dos subsídios e de dificuldades de reinscrição, por parte de estudantes que, por uma ou outra razão, falharam a transposição de ano nos diferentes cursos.

No seu último dia de trabalho em Portugal, o ministro da Defesa visitou, de manhã, a Base Naval de Lisboa, a Base de Fuzileiros e a Escola Naval, onde se inteirou das capacidades da Marinha Portuguesa para os cumprimentos de diversas missões operativas, como vigilância do espaço marítimo de diversos países, incluindo africanos, com destaque para São Tomé e Príncipe.

Fonte: Jornal de Angola .

Deixe o seu comentário