Global Media estuda passagem do “DN“ a semanário

kalola Store

A administração da Global Media está a estudar a possibilidade de passar a edição impressa do “Diário de Notícias” para uma periodicidade semanal, com distribuição ao fim de semana. O dossiê não está ainda fechado e fontes próximas da administração garantiram ao Expresso que não só a decisão “ainda não está tomada” como há resistências internas. O cenário não está consensualizado entre directores, administradores e accionistas da empresa, mas o tema está na agenda da administração e vai ser levado a reunião da comissão executiva da Global nas próximas semanas. Já foram feitas auscultações informais a fontes do mercado publicitário.

“Só há decisões quando os assuntos são discutidos pela comissão executiva. E esse assunto ainda não chegou lá”, sintetiza uma fonte próxima da administração. Outra fonte da empresa nota, também, que o estudo de cenários para projectar a eventual transição de jornais para versões semanais ,ou de títulos em papel para edições exclusivamente digitais. É um movimento comum a vários grupos de media e que é prematuro dar como certo que a avaliação em curso na Global resultará, no curto prazo, em mudanças tão estruturais no “DN”.

Aliás, a possível passagem da edição impressa do “DN” para uma versão semanal não é uma hipótese recente no conjunto de alternativas equacionadas por esta administração para o futuro do grupo. Mas as fontes ouvidas pelo Expresso explicam que o estudo deste cenário foi acelerado em função dos resultados mais recentes do título: as vendas em banca em 2017 recuaram para uma média de cerca de 7.500 exemplares por edição, as receitas de publicidade continuaram a cair a dois dígitos no último ano e as contas de exploração do título mantêm-se no vermelho, na ordem dos 2 milhões negativos em 2017, apesar da reestruturação que foi implementada nos últimos três anos na empresa que detém também o “Jornal de Notícias” , a TSF e “O Jogo”, entre outros títulos.

Uma das soluções em cima da mesa passaria pela distribuição da versão semanal do jornal aos domingos, habitualmente o dia mais forte nas vendas do título, impulsionadas pela revista ” Notícias Magazine”, também distribuída com as edições de domingo do “Jornal de Notícias”. Em paralelo, a estratégia para o “DN” em versão semanal no papel implicaria um reforço da vertente digital do título, cuja edição online continua a crescer em audiência e está já consistentemente no top 10 de sites de informação mais visitados em Portugal, com médias mensais de visitas totais entre os 10 milhões e os 12 milhões nos últimos meses de 2017, segundo o ranking Netscope. A aposta no aumento da oferta em vídeo está decidida. E o reforço da componente de assinaturas digitais do título que até outubro tinham aumentado 36% para 3.374 assinaturas, é um dos focos do grupo.

As mesmas fontes indicam que o cenário de transformação do “DN” em semanário começou a ser discutido de forma mais intensa depois da entrada do empresário de Macau Kevin Ho na estrutura accionista da empresa, formalizado no início de novembro, mediante um investimento de 15 milhões de euros que lhe permitiu ficar com 30% da Global Media. Quando a operação foi oficializada, de resto, a empresa anunciou, em comunicado, que o capital investido na Global seria utilizado “fundamentalmente, em projectos destinados a reforçar a liderança do grupo no digital e à sua internacionalização especialmente nas geografias onde se fala português”.

No momento da entrada de Kevin Ho na estrutura accionista da Global, o empresário angolano António Mosquito e Luís Montez transmitiram também as suas participações no grupo ao empresário e gestor de participações José Pedro Soeiro. Os anteriores accionistas minoritários Joaquim Oliveira, BCP e Novo Banco, continuaram na estrutura da empresa.

Na administração executiva continuaram o CEO Victor Ribeiro e os administradores José Carlos Lourenço e Maris Teresa Graça, aos quais se juntou o jornalista Paulo Rego, indicado por Kevin Ho. Daniel Proença de Carvalho manteve-se como presidente não executivo do grupo.

Fonte : Expresso.

No tags for this post.

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.