Governo recupera 3,3 mil milhões de dólares e liberta Jean-Claude Bastos de Morais

A Procuradoria-Geral da República recuperou 3,3 mil milhões de dólares pertencentes ao Fundo Soberano de Angola que se encontrava sob gestão de Jean-Claude Bastos de Morais e das empresas do grupo Quantum Global.

Jean-Claude Bastos de Morais foi também libertado, onde estava detido desde Setembro de 2018.

Ao mesmo tempo, o juiz descongelou todas as contas da Quantum Global nas Maurícias em cerca de 490 milhões de dólares. O tribunal autorizou também cinco companhias ligadas à Quantum Global a reiniciarem as suas operações.

Recorde-se que, Jean-Claude Bastos de Morais estava acusado de vários crimes, nomeadamente o de associação criminosa, de recebimento indevido de vantagem, corrupção e participação económica em negócios.

O suíço-angolano é presidente e fundador da Quantum Global, empresa que geria os activos do Fundo Soberano de Angola, do qual foi presidente José Filomeno dos Santos, nomeado, em 2012, pelo pai e exonerado do cargo, em Janeiro de 2018, pelo Presidente da República, João Lourenço.

Fonte : Jornal i.

Deixe o seu comentário