Governo vai gastar mais de 17 milhões de euros para remodelar edifício do Conselho de Ministros

O edifício do Conselho de Ministros, em Luanda, vai ser remodelado e ampliado através de uma empreitada de 17 milhões de euros autorizada pelo Presidente angolano, João Lourenço.

Segundo um despacho de 20 de Novembro, a que a Lusa teve acesso, João Lourenço autorizou a assinatura de contrato de empreitada orçado em 6.082.671.547 kwanzas (cerca de 17 milhões de euros).

publicidade

No entender do chefe de Estado angolano, a remodelação e ampliação do edifício do Conselho de Ministros é “conveniente” e a obra visa dotar a infraestrutura de melhores condições de trabalho.

Segundo o documento, o acompanhamento da obra ficará a cargo do director do Gabinete de Obras Especiais (GOE). Criado em 2014, pelo então Presidente da República, José Eduardo dos Santos, o Gabinete de Obras Especiais tem a seu cargo, actualmente, as obras do futuro Museu Centro de Ciência e Tecnologia, em Luanda, bem como o projecto para a nova basílica da Muxima, o maior santuário mariano na África subsaariana.

Fonte: Lusa

publicidade

Faça já a sua assinatura: formulário de assinatura
Contactos editoriais: jornalkandandu@gmail.com

Publicidade: vivenviaspress@gmail.com

Deixe o seu comentário