Culpa é razão

kalola Store

A Culpa e a Razão foram muito inteligentes em unir-se… Para alguém assumir a culpa, alguém tem que ter razão… Para alguém ter razão alguém tem que assumir a culpa.
Vemos esta dupla imbatível a destruir relacionamentos, amizades, oportunidades, sonhos e planos… Porque alguém achou que tinha razão, e provavelmente ninguém quis assumir a culpa.
Observamos que esta dupla fantástica tem mais valor que o amor, que o perdão, que a família, que o amigo, que o colega, que o patrão, que o vizinho… que qualquer pessoa na verdade…

A vida humana já não tem tanto valor ao pé da Culpa e da Razão… Pessoas deixam de falar com pessoas por causa de: “Eu tenho Razão, ele é que tem a Culpa! Enquanto ele não admitir, eu não perdoo!”

Enquanto estas duas não são incluídas no discurso de forma evidente, não há negócio possível. Se só houver amor e perdão, compreensão e entendimento, não vale! Tem que haver Culpa, tem que haver Razão!

Tem que haver ganhar e perder! Tem que haver certo e errado! Senão nada feito. As pessoas morrem na vida umas das outras.

Quem vive assim não se apercebe que a Culpa é apenas um peso imaginário, e a Razão só constrói egos ilusórios.

A insegurança tem destas coisas, inventar cenas para que o ser humano se sinta um pouco mais poderoso. Então aproveita-se qualquer oportunidade para apontar um erro…

Assim, na Culpa e na Razão, alguém se torna melhor que alguém.

Se conseguíssemos abrir mão destes dois elementos, e nos focássemos em amar, perdoar, compreender, crescer e desenvolver, salvaríamos muitas vidas, muitos relacionamentos e muitas oportunidades de realizar sonhos.

A Culpa e a Razão são imaginárias, mas essas coisas não são.

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.