Inglaterra: Estudante angolano vence concurso da Independent Schools Association

Israel Campos, jovem angolano a estudar em Inglaterra, entrou na competição, na categoria de Artes e Humanidades, com um texto de reflexão sobre o colonialismo, intitulado: Nós estamos aqui, porque vocês estiveram lá.

Enquanto aguarda o ingresso na universidade, em Setembro deste an, e motivado pela professora de inglês, Israel Campos submeteu o seu trabalho sobre o colonialismo e o impacto que este tem na sociedade moderna.

O tema para a redacção resulta da sua experiência, pois, residindo há cerca de dois anos naquele país, já sentiu na pele o racismo, apesar de frequentemente se afirmar que este já não existe, porque a sociedade está mais evoluída, como referiu à imprensa.

Apesar de que algumas pessoas pensarem que o racismo já não existe, na prática a realidade é totalmente diferente. As pessoas continuam a ser tratadas de forma diferente pelo tom de cor da sua pele. E isso é o impacto do colonismo

John Goddard, membro do júri da prova, salientou que Israel “escreve com paixão e discernimento sobre o racismo, um legado duradouro do colonialismo”.

Segundo o jovem autor, falar do passado colonial e dos efeitos que ainda hoje se verificam na vida dos povos colonizados é, indubitavelmente, falar de racismo e de como o colonizador foi responsável pelo julgamento da cor da pele e do preconceito que afecta milhares de cidadãos. Mas Israel Campos aponta um caminho para a resolução deste problema.

A solução está no encontro de um denominador comum, que é sentar-se à mesma mesa e conversar, para concordar que há um problema que precisa de ser resolvido

A Independent Schools Association é uma organização de escolas independentes no Reino Unido fundada em 1878. A associação integra o Conselho das Escolas Independentes e tem cerca de 513 estabelecimentos de ensino. A organização com sede em Great Chesterford, Essex, oferece apoio profissional e formação a directores e funcionários das escolas-membros, assim como proporciona actividades desportivas e culturaisaos alunos. Entre estas incluem-se um concurso de arte anual, um festival de teatro e competições de redacção.

Na sua página no Twitter, o jovem autor manifestou a sua alegria.

Deixe o seu comentário