Instalação do cabo Angola-Brasil quase concluída

Gearbest Alfawise V8S Max UV Sterilization + Disinfectant Disinfection Wet and Dry Robot Vacuum Cleaner promotion

A instalação do primeiro “link” directo entre  África e a América do Sul está quase concluída. A instalação da planta húmida está a progredir de acordo com o plano e os cabos chegam no Brasil no início do próximo mês.

Trabalhos de construção do centro de dados de pouso em Fortaleza (Brasil) também estão a progredir bem. O administrador da Angola Cables, António Nunes, disse que, após a conclusão dos trabalhos de instalação, um período de testes começa  e a empresa espera que o cabo esteja totalmente operacional até o terceiro trimestre de 2018.

Quando a instalação do cabo submarino de 6.300 quilómetros estiver concluída, a SACS pode oferecer uma capacidade de 40 Tbps, entre a América do Sul e África e uma latência de aproximadamente 63 milissegundos. Isso representa uma melhoria significativa no desempenho, quando comparado ao “link” existente de 350 milissegundos.

“Do ponto de vista do tráfego global, a introdução do SACS entre Angola e o Brasil abre um novo caminho. A América do Sul pode chegar à Europa e Ásia, evitando que os Estados Unidos e a África possam chegar aos EUA sem ligação à Europa”, afirmou António Nunes.

“O projecto SACS apresenta uma plataforma única para construir uma configuração de rede Sul-Sul em uma escala global”.
O projecto também deve aprimorar as economias digitais de vários países africanos e sul-americanos e melhorar a eficiência de comunicação global para clientes corporativos em África, América Latina e EUA. António Nunes afirmou que para completar a conexão dos dois continentes dentro de um período de tempo com o ambicioso empreendimento, é desafiador e está em linha e no cronograma.

O SACS fornece um catalisador e um trampolim para a expansão dos Pontos de Intercâmbio na Internet e investimentos relacionados à infra-estruturas.

Fonte: JA

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.