Jornalista Rafael Marques vai ser recebido por João Lourenço hoje às 09:00 horas

O jornalista e activista angolano Rafael Marques disse que será recebido pelo Presidente da República nesta quarta-feira, depois ontem ter dito que foi impedido de entrar numa reunião do João Lourenço com organizações não-governamentais e da sociedade civil, para a qual estava convidado.

Num comentário no MakaAngola, jornal “online” liderado pelo activista, Rafael Marques indicou ter sido “convidado” para uma “audiência privada” com o Presidente angolano, reunião aprazada para as 09:00 horas, desta quarta-feira, 05 de Dezembro, o que foi confirmado por fonte do gabinete do Presidente, João Lourenço.

“Vários cidadãos tiveram o cuidado de me enviar notas sobre as principais preocupações do nosso povo, da nossa sociedade, para que eu as abordasse com o Presidente João Lourenço. Farei questão de lhe pedir um minuto adicional da sua atenção para expor algumas dessas preocupações de interesse nacional. Amanhã vou ao Palácio “, concluiu.

Rafael Marques era um dos líderes e representantes da sociedade civil angolana e estava previsto participar num encontro convocado por João Lourenço, com o objectivo de se analisarem “questões da actualidade”.

No Palácio, os jornalistas presentes só souberam da situação momentos antes de a reunião terminar, constatando, depois, que Rafael Marques não esteve presente, facto que deixara também intrigados os restantes convidados e vários membros do Protocolo angolano.

Mais tarde, o director do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do Presidente da República, Luís Fernando, ainda leu uma declaração sobre o assunto, que acabaria por ser anulada pouco depois, havendo a indicação de que seria substituída por um comunicado.

As várias organizações da sociedade civil consideraram terça-feira “simbólico” e “um passo em frente” para a construção de um diálogo nacional o encontro com João Lourenço.

Fonte: Lusa

Deixe o seu comentário