Portugal: José Carlos Guimarães homenageado pelo Benfica

kalola Store

O ex-atleta da seleção nacional José Carlos Guimarães foi homenageado pelo Sport Lisboa e Benfica (SLB) pelo seu contributo ao longo do período que vestiu a camisola vermelha (1992-1994).

O reconhecimento ocorreu ontem, 25 de março, no Pavilhão da Luz durante o intervalo do jogo de Basquetebol entre o Benfica e o Porto a contar para o campeonato português de basquetebol. O SLB venceu por 86×68.
Além do atleta angolano, o clube da luz homenageou também o antigo basquetebolista e treinador Henrique Vieira.

José Carlos Ribeiro de Carvalho Guimarães nasceu a 09 de fevereiro de 1964 em Luanda, foi jogador de vários clubes em Angola e também foi seleccionador nacional. Em Portugal jogou no FC Porto Benfica , Ovarense e Queluz. Bélgica e Inglaterra foram os últimos países onde evoluiu.

Refira-se que José Carlos Guimarães integrou a equipa benfiquista que dominou a modalidade em Portugal nos finais da década de 80 e início da década de 90, vencendo vários títulos do Campeonato Nacional e da taça de Portugal, tendo ainda realizado uma campanha memorável nas competições europeias alcançando vitórias sobre equipas como o Panathinaikos, Kinder Bolonha, Partizan de Belgrado e Real de Madrid. Faziam parte da equipa nomes como o seu compatriota Jean-Jacques da Conceição, Carlos Lisboa, Pedro Miguel, Steven Rocha e Mike Plowden, entre outros.

Ao proferir algumas palavras emocionado, Zé Carlos como é carinhosamente conhecido disse que se sentia honrado pela homenagem, e agradeceu a todos os colegas, funcionários e adeptos do clube de Lisboa.

“As homenagens devem ser feitas em vida. Fico feliz por recuar no tempo e no espaço, e dizer que valeu a pena. Agradeço a Direcção do clube, o meu Benfica, a todos com quem tive o privilégio de trabalhar, falo das diferentes direcções do clube, os meus queridos colegas, todos os treinadores, os trabalhadores, os associados, as pessoas anónimas . Agradeço a minha família de coração, sei que a minha mãe está feliz e o meu querido pai noutro espaço físico está orgulhoso. Esta homenagem tem mais emoção, porque veio de um país [Portugal], que não me viu nascer para o basquetebol e cuja selecção nunca representei, assim o Benfica demonstra a sua grandeza valorizando os seus activos e reconhecendo os seus feitos. Muito obrigado”. Disse, o atleta que também já foi três vezes campeão africano de basquetebol sénior masculino pela selecção de Angola.

Estiveram presentes ao acto os vice-presidente do Benfica para as modalidades Fernando Tavares e o Adido Cultural da Embaixada de Angola em Portugal, Luandino Carvalho. O diplomata fez referência ao passado glorioso de José Carlos Guimarães e mostrou-se orgulhoso pelo facto de ter presenciado momentos vitoriosos do homenageado nos anos 90, ali naquele recinto e ter agora vivenciado agora esta justa homenagem.

Em agosto do ano passado, José Carlos Guimarães assinou com o Benfica, um protocolo que visa a colaboração num projecto na província do Cuanza -Norte. O desenvolvimento desportivo e uma intervenção social são os propósitos que movem este projecto.

” É um projecto de âmbito social e de Estado que visa, não só o desenvolvimento das capacidades psicomotoras de todos os intervenientes, mas acima de tudo, a vertente social, com a ocupação de tempos livres da classe infanto-juvenil, que visa também diminuir os actos antissociais, a delinquência, o uso excessivo do tabaco e do álcool. Visamos também a médio ou longo prazo que eventuais atletas que sejam talentosos possam seguir para Portugal com o propósito de evoluir, concretamente no Benfica”, disse na altura, José Carlos Guimarães.

Esta é a segunda homenagem pública que o Benfica faz ao atleta angolano. Em Abril de 2010, José Carlos Guimarães e Jean-Jacques da Conceição foram homenageados pelo Benfica em reconhecimento da carreira desportiva naquele clube.

José Carlos Guimarães participou em dezenas de competições internacionais pela selecção nacional e nos Jogos Olímpicos de 1992 e 1996. Faz parte da gesta de jovens angolanos que iniciaram a epopeia basquetebolista angolana em África nos anos 80 tendo vários títulos nacionais e africanos.

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.