Jovens portugueses só deixam a casa dos pais aos 29 anos

Os jovens portugueses só deixam a casa dos pais aos 29 anos, em média. O número coloca Portugal entre os países da União Europeia onde este passo é dado mais tarde, cerca de três anos acima da média comunitária, fixado nos 26 anos.

Os dados do Eurostat, relativos a 2017 e divulgados terça-feira , mostram que 45,6% dos portugueses entre os 25 e os 34 anos continuam a viver com os progenitores.

Nesta faixa etária, são os homens quem mais tarde larga o “cordão umbilical” : um em cada dois (50,8%) continua em casa dos pais. Nas jovens do sexo feminino, esse peso fica nos 40,5%.

Portugal surge na oitava posição entre os países onde os jovens demoram a sair da casa da família.

Croácia, Eslováquia, Malta e Itália, todos acima dos 30 anos, lideram a lista. No extremo oposto, está a Suécia, onde os jovens saem de casa por volta dos 19 anos.

A média comunitária mostra ainda que uma em cada quatro pessoas (28,5%), entre os 25 e os 34 anos , vivia em casa dos pais em 2017, abaixo dos valores registados em Portugal.

Fonte: CM.

Deixe o seu comentário