Lunda Sul com 49 mortes por malária no primeiro trimestre

kalola Store

Quarenta e nove pessoas morreram no primeiro trimestre deste ano vítimas de malária na província da Lunda Sul, mais oito que no período homólogo, num universo de 30 mil casos diagnosticados.

A informação foi avançada esta sexta-feira pelo director do gabinete provincial da Saúde, Viegas de Almeida, adiantando que em 2019 foram diagnosticados 24.150 casos, num universo de 150 pacientes atendidos por dia.

O responsável afirmou que o aumento de casos tem a ver com as fortes chuvas que têm caído na região, bem como com a chegada tardia dos pacientes nas unidades sanitárias, optando por tratamentos tradicionais.

Viegas de Almeida garantiu que a situação está controlada e para a mitigar a direcção tem levado a cabo várias acções de sensibilização nas comunidades, distribuição de mosquiteiros e fumigação.

O responsável provincial afirmou ainda que recentemente a direcção recebeu da Central de Compra de Medicamentos e Equipamentos medicamentos antipalúdicos e outros que serão distribuídos às instituições sanitárias da província.

Fonte: Angop

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.