Manuel Vicente julgado em Angola

Tribunal da Relação remete processo do ex-vice-presidente angolano para Luanda, no âmbito da Operação Fizz.

 O ex-vice-presidente de Angola Manuel Vicente vai ser julgado no seu país por decisão do Tribunal da Relação de Lisboa. A notícia está a ser avançada pela TVI 24.

Esta é uma vitória para a defesa de Vicente, que sempre exigiu que o seu processo fosse separado dos restantes arguidos da Operação Fizz e julgado na capital angolana, Luanda.

A Operação Fizz assenta na acusação de que Manuel Vicente pagou 760 mil euros a Orlando Figueira, para que este arquivasse dois inquéritos, um deles o caso da empresa Portmill, relacionado com a aquisição de um imóvel de luxo no Estoril em 2008. Os intermediários para esse acordo, segundo o MP, foram Armindo Pires e Paulo Blanco que, alegadamente, estiveram envolvidos na celebração de contratos falsos (promessa, trabalho e revogação) e na realização de pagamentos.

O antigo governante angolano está acusado de corrupção activa.

Deixe o seu comentário