Marcelo Rebelo de Sousa condecorado por João Lourenço com Ordem Agostinho Neto

O Presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, foi condecorado esta quarta-feira com a Ordem Agostinho Neto, em Luanda, pelo Presidente da República, João Lourenço.

“Houve vontade política do Presidente João Lourenço e do seu Governo. Essa vontade política traduziu-se em três visitas em meio ano”, disse Marcelo.

“Se as relações eram boas, agora vão consolidar-se ainda mais. Os dois países já assinaram mais onze instrumentos de cooperação. A impressão com que ficámos foi que esgotámos praticamente todos os domínios de cooperação entre Portugal e Angola”, disse João Lourenço.

Marcelo Rebelo de Sousa chegou ao palácio presidencial pelas 11h00 locais (10h00 em Lisboa), após a deposição de uma coroa de flores no Memorial Agostinho Neto, numa homenagem ao primeiro Presidente de Angola.

João Lourenço recebeu o chefe de Estado português na entrada do Palácio Presidencial da Cidade Alta, numa cerimónia de boas-vindas com honras militares, em que foram disparadas 21 salvas de canhão.

Depois, ouviram-se os hinos de Portugal e de Angola, os dois chefes de Estado passaram revista à guarda de honra, posaram lado a lado para a fotografia, sorridentes, e apresentaram as respectivas delegações.

A comitiva portuguesa inclui os ministros dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, e da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, a secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Teresa Ribeiro, e deputados do PSD, PS, CDS-PP, PCP e Bloco de Esquerda (BE).

De seguida, Marcelo Rebelo de Sousa e João Lourenço estiveram na abertura de uma reunião ministerial e foram reunir-se a sós. No final, houve a assinatura de instrumentos bilaterais e uma conferência de imprensa conjunta dos dois presidentes.

A visita de Estado do Presidente português a Angola, que começou oficialmente hoje , divide-se entre a capital angolana e as províncias de Benguela e Huíla e termina no sábado, dia em que Marcelo Rebelo de Sousa cumpre três anos de mandato.

A Ordem Agostinho Neto é constituída por um único grau e é concedida a nacionais e estrangeiros, em particular chefes de Estado e de Governo, líderes políticos e outros indivíduos de renome.

Fonte: CM.

Deixe o seu comentário