Mil militares portugueses estão sepultados em Luanda

Em apenas dois cemitérios: Alto das Cruzes e Santa Ana, em Luanda, estão sepultados pelo menos mil militares portugueses que morreram na I Guerra Mundial e na guerra do Ultramar, segundo um levantamento a propósito da visita que o ministro da Defesa de Portugal, João Gomes Cravinho, realiza ao nosso país.

O governante esteve ontem no cemitério do Alto das Cruzes, depois de na terça-feira ter abordado com o governo angolano a homenagem que Portugal pretende fazer aos militares que morreram em Angola e que considerou “um dever de memória”.

publicidade

“No cemitério do Alto das Cruzes há militares portugueses ainda da I Guerra Mundial, há militares do período da guerra colonial e há todo um trabalho a fazer na dignificação das suas campas”, referiu.

Dentro de poucas semanas irá a Luanda uma delegação da Liga dos Combatentes portuguesa fazer o levantamento da situação.

O responsável pelos cemitérios em Luanda, Filipe Mahapi, indicou que há pelo menos 400 soldados portugueses sepultados no Alto das Cruzes e 600 na Santa Ana (antigo cemitério novo), e disse ter a informação de que Portugal pretende exumar e transladar os restos mortais.,

Fonte: Lusa.

publicidade

Faça já a sua assinatura: formulário de assinatura
Contactos editoriais: jornalkandandu@gmail.com

Publicidade: vivenviaspress@gmail.com

Deixe o seu comentário