Millennium BCP deu alerta para milhões de Zenu

O banco português Millennium BCP foi uma das instituições financeiras que deram o alerta para o dinheiro desviado pelo antigo presidente do Fundo Soberano de Angola, José Filomeno dos Santos.

Tudo ocorreu em 2017, quando foram transferidos 24,8 milhões de euros para uma conta da sociedade Mais Financial Services no Millennium BCP em Lisboa.

Logo após essa transferência, foram redistribuídos 15 milhões de euros por uma série de outras empresas, o que chamou a atenção do ‘compliance’ (departamento encarregue de fiscalizar a legalidade das operações financeiras) do banco liderado por Miguel Maya que começou a investigar, pode ler-se na acusação contra José Filomeno dos Santos “Zenu”.

A Mais Financial Services é uma sociedade de que Zenu é titular em conjunto com o sócio Jorge Gaudens. O banco português considerou “inconsistentes” as movimentações financeiras realizadas tendo em consideração a actividade da Mais Financial Services.

Fonte: CM

Deixe o seu comentário