Moçambique recebe apoio da ONU para proteger a biodiversidade

kalola Store

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, PNUD, entregou um veículo à Administração Nacional das Áreas de Conservação para ajudar em acções de vigilância e protecção da fauna e a biodiversidade em Moçambique, ANAC.

A iniciativa faz parte do projecto “Fortalecimento da conservação das espécies globalmente ameaçadas em Moçambique”, através da melhoria na aplicação da lei da biodiversidade e da expansão das áreas de conservação comunitárias na zona tampão em Moçambique, ProBio.

PNUD Moçambique entregou veículo à ANAC

Fauna e Biodiversidade

A agência acredita que o apoio vai fortalecer a capacidade institucional da ANAC na protecção da fauna e da biodiversidade em Moçambique.

O representante residente interino do PNUD, Francisco Roquette elogiou o trabalho coordenado pela ANAC em prol da protecção da fauna selvagem e da flora em Moçambique, por sinal um dos objectivos pelos quais o PNUD se bate estrategicamente.

“É de salientar que esta não é a primeira iniciativa realizada em parceria com a ANAC, através de um financiamento do pelo mecanismo de financiamento para a protecção ambiental Global Enviroment Facility (GEF). De 2012 a 2016 teve lugar a implementação do projecto “financiamento sustentável do sistema das áreas de conservação em Moçambique”.

Objectivos de Desenvolvimento Sustentável

Roquette lembrou ainda que através do projecto a agência pretende também apoiar a aplicação de medidas que irão ajudar Moçambique a implementar os seus compromissos no âmbito da Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies da Fauna e da Flora Silvestres Ameaçadas de Extinção, contribuindo desta forma para a realização dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, ODS.

O director da ANAC, Mateus Mutemba, agradeceu o gesto do PNUD pela parceria com vista ao reforço na Unidade de Resposta à criminalidade contra os animais selvagens na região sul do país nas províncias de Maputo e Gaza.

“Vamos utilizar esta viatura no trabalho que realizamos – a ANAC, Sernic (Serviço Nacional de Investigação Criminal), a PGR – no esforço conjunto que realizamos para conter ameaça à nossa vida selvagem. Portando, queríamos mais uma vez manifestar o reconhecimento a este gesto do PNUD e garantir que vamos fazer bom uso da viatura.”

O ProBio visa contribuir para o alívio à pobreza, desenvolvimento sustentável e boa governação, através do apoio a Política de Conservação e ao Plano de Implementação nas áreas de conservação de Moçambique, incluindo as zonas tampão.

Fonte: ONU News

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.