Moradores do Bairro da Jamaica protestam hoje em frente à Câmara do Seixal

Associações e moradores do Bairro da Jamaica protestam esta sexta-feira, 25 de Janeiro, em frente à Câmara Municipal do Seixal, no distrito de Setúbal, contra a “brutalidade policial” e “por habitações dignas”.

Em declarações à agência Lusa, António Tonga, membro do Colectivo Consciência Negra, explicou que o objectivo do movimento é dar espaço à comunidade para mostrar que “os negros e as pessoas da periferia têm sido alvos em relação à questão policial e da falta de habitações dignas”.

publicidade

O protesto vai decorrer em frente à Câmara Municipal do Seixal, pelas 16h00, e está a ser organizado por várias associações que estão “solidárias” com a população de Vale de Chícharos (conhecido como Bairro da Jamaica), tais como o Colectivo Consciência Negra, a SOS Racismo, a Plataforma Gueto, a FEMAFRO e a Afrolis -Associação Cultura.

“A câmara municipal tem uma palavra a dizer no que toca à actuação da polícia. Sabemos que a polícia não está sob tutela da câmara, mas enquanto órgão representante do Estado português tem de ter uma voz firme em relação à brutalidade policial, à violência desnecessária e à estigmatização da comunidade. Não tem como dissociar”, explicou António Tonga, do Colectivo Consciência Negra.

Numa resposta enviada à Lusa, a Câmara do Seixal esclareceu que o ambiente tem estado “completamente tranquilo” em Vale de Chícharos (bairro de habitação precária) e que “os esforços do município estão concentrados na resolução dos problemas habitacionais existentes”

Fonte: CM.

publicidade

Faça já a sua assinatura: formulário de assinatura
Contactos editoriais: jornalkandandu@gmail.com

Publicidade: vivenviaspress@gmail.com

Deixe o seu comentário