Morreu Dom Pedro Luís Scarpa, o primeiro bispo da diocese de Ndalatando

Segundo o porta-voz da diocese de Ndalatando, Padre Clemente Teca, citado pela Angop, a igreja anunciará, em breve, o programa das exéquias de Dom Pedro Luís Scarpa, bispo emérito da igreja local.

Nascido em Veneza, Itália aos 07 de Fevereiro de 1925, o religioso tornou-se o primeiro bispo da diocese de Ndalatando em 1990, missão que cumpriu até 2005, ano em que foi jubilado e substituído no cargo por Dom Almeida Kanda.

Antes de chegar à diocese da capital do Kwanza-Norte, Dom Pedro Luís Scarpa exerceu as funções de bispo auxiliar de Luanda, tendo o seu percurso em Angola sido iniciado na década de 60, após integrar a congregação dos Frades Capuchinhos.

Na hora da sua morte, missionários, fiéis e cidadãos de vários estratos sociais do Kwanza-Norte recordam , em declarações à Angop, “as suas qualidades como missionário e zelador dos fiéis, sobretudo no período do conflito armado em que se destacou na prestação de ajuda em vários domínios a pessoas carentes e em situação de insegurança”.

Dom Pedro Luís Scarpa é ainda lembrado pelo “papel importante na promoção de projectos de construção de escolas, centros de formação profissional e expansão da actividade da igreja a nível dos dez municípios da província”.

A diocese de Ndalatando conta actualmente com 10 paróquias distribuídas em oito de dez municípios da província do Cuanza-Norte, faltando por cobrir as circunscrição da Banga e Bolongongo, onde já decorrem trabalhos missionários para o efeito.

Fonte : Angop.

Deixe o seu comentário