Morreu Filomeno de Sá “Dibala”

Faleceu na noite de hoje, 12 de agosto, em Luanda, Rui Alberto Filomeno de Sá, antigo combatente do MPLA e conhecido como ” Comandante Dibala”,  esteve com Agostinho Neto e Joaquim Kapango, no acordo de cessar fogo com o exército português assinado no Lucusse, província do Moxico em 1974. 

Filomeno de Sá “Dibala”, teve igualmente, entre outras actividades, uma passagem pela administração da TAAG. 

 Foi capitão da equipa de voleibol do 1º de Agosto em 1980 que ganhou o 1º campeonato nacional de voleibol. Foi o 1º presidente da Federação Angolana de Voleibol. Foi vice-presidente do Comité Olímpico Angolano e chefe da Missão angolana ao Jogos Olímpicos de Sydney em 2000. 

Filomeno de Sá “Dibala”, tinha 77 anos, era general na reforma. Foi um dos operacionais do MPLA e esteve envolvido nas actividades de guerrilha antes da independência de Angola em 1975, altura em que adoptou a alcunha de “Dibala”, nome em kimbundu e que em português significa “careca”. 

“Na guerrilha tínhamos o hábito de termos um segundo nome. Era uma forma de camuflar a nossa presença, de não saberem quem era quem e de manter o anonimato “, disse Filomeno de Sá ” Dibala”, em entrevista ao jornal Correio do Minho, em Abril deste ano . 

Ainda em Abril deste ano, Filomeno de Sá “Dibala”, foi notícia na Vivências Press News, após ter sido operado à carótida utilizando um método considerado inovador. A cirurgia decorreu no Hospital Trofa Saúde em Braga, e foi bem sucedida. 

Deixe o seu comentário