Morreu o cantor Eduardo Nascimento

O cantor Eduardo Nascimento, tinha 76 anos, morreu esta sexta-feira, vítima de doença prolongada.

Em 1967, ganhou o Festival da Canção com o tema “O Vento mudou”, canção que levou à Eurovisão, a Viena de Áustria e ficou em 12º lugar.

publicidade

Faça já a sua assinatura: formulário de assinatura
Contactos editoriais: jornalkandandu@gmail.com

Publicidade: vivenviaspress@gmail.com

A par de Eusébio, foi dos primeiros afrodescendentes a representar Portugal em eventos internacionais.

Recorde uma reportagem que a Vivências Press News realizou em Portugal com o cantor:

Eduardo Nascimento, nasceu em Luanda, Angola a 26 de Junho de 1943.

Foi líder do conjunto angolano Os Rocks, participou num dos concursos de música ié-ié, realizados no Teatro Monumental, em Lisboa.

Em 1967 perenizou-se com o tema O Vento Mudou, vencedor do Festival RTP da Canção. A música foi representar Portugal no Festival Eurovisão da Canção, realizado em Viena, ficando em 12º lugar (ex-aequo com a Finlândia), entre dezassete países. Eduardo Nascimento foi dos primeiros afrodescendentes a pisar os palcos da Eurovisão, a par com Milly Scott, representante da Holanda em 1966. O tema viria a ser regravado pelos Delfins, por Adelaide Ferreira e pelos UHF.

Com Os Rocks Nascimento gravou ainda dois EPs, um em 1967 (Decca Pep 1173), com as faixas Wish I MayI Put A Spell On YouThe Pied Piper e Only One Such As You; o segundo em 1968 (Decca Pep 1233), com Don’t Blame MeWith Your HandsHold My Hand e Something’s Gotten Hold Of My Heart. O cantor continuou a actuar com Os Rocks até 1969, altura em que voltou para Angola e abandonou a carreira musical. Posteriormente veio a exercer funções na TAP e em outras companhias aéreas africanas.

Morreu hoje dia 22 de novembro de 2019.

Deixe o seu comentário