Morreu Pedro Lima, angolano de nascimento, nadador olímpico e actor versátil

kalola Store

Portugal acordou hoje com a notícia da morte de um dos seus mais conhecidos rostos: Pedro Lima, nascido em Luanda, Angola, a 20 de Abril de 1971, ex-nadador olímpico, representante de Angola nos Jogos Olímpicos de Verão de 1988, em Seul, e 1992, em Barcelona, vencedor de uma medalha de ouro e outra de bronze nos Jogos Pan-Africanos, actor muito conhecido de telenovelas e séries de TV, tendo sido modelo no início da carreira.

Segundo o jornal online Observador, esta manhã “o actor terá enviado, pelas 6h58, mensagens de despedida a dois amigos, Liliana Campos, apresentadora da SIC, e ao seu companheiro, Rodrigo Herédia, também ele surfista, que contactaram de seguida as autoridades”. Mas, já esta tarde, Liliana e Rodrigo negaram ter recebido qualquer mensagem de despedida do actor recém-falecido.

De acordo com o mesmo jornal, terá sido a família a alertar “para o facto de a viatura de Pedro Lima estar estacionada na praia do Abano, junto à falésia, e não no parque de estacionamento onde, normalmente, o actor parava o carro quando ia surfar”.

O Observador afirmava ainda que o corpo terá sido encontrado já sem vida, junto à falésia, e encaminhado para o Instituto de Medicina Legal para autópsia.

A carreira na Moda, na TV e na representação

À semelhança de muitos actores da sua geração, começou como modelo da Central Models, de Mi e Tó Romano, para onde terá sido levado por Ricardo Carriço, actor e cantor. Pedro Lima chegou a estudar no Instituto Superior Técnico, em Engenharia Mecânica, mas não foi além do 3.º ano.

Na televisão, em 1996, apresentou o programa Magacine na RTP, sobre cinema, e ao longo dos anos participou em inúmeras telenovelas e séries de televisão. Entre elas: A Grande Aposta (1997), Terra Mãe (1998), Os Lobos (1998), Todo o Tempo do Mundo (1999), Olhos de Água (2001), Super Pai (2001), Anjo Selvagem (2002), O Último Beijo (2002), Ninguém Como Tu (2005), Fala-me de Amor (2006), Ilha dos Amores (2007), A Outra (2008), Sentimentos (2009), O Contrato (2009), A Única Mulher (2015), A uma Hora Incerta (2015), Massa Fresca (2016) ou A Herdeira (2018). 

Actualmente tinha recomeçado as gravações da novela Amar Demais, também da TVI onde estava há mais de 20 anos.

A família

Com Anna Westerlund, a companheira e mãe de quatro dos seus filhos, pretendia casar-se no próximo ano, 2021, quando completaria 50 anos de vida e 20 de relação com Anna.

Anna Westerlund e Pedro Lima

Pai de cinco, filhos, o mais velho, João Francisco Piloto Lima, internacional de râguebi, filho do actor com Patrícia Piloto, cujo casamento terminou pouco tempo depois do nascimento de João.

Com Anna Westerlund, Pedro Lima tinha mais quatro filhos: Ema (2004), Mia (2007), Max, de 10 anos, e Clara, que completará 4 anos em Julho.

Pedro Lima com a família no dia do seu aniversário, 20 Abril último.
(Atrás Mia e Max, no sofá, Ema, Pedro com a pequena Clara, Anna e João Francisco)
O actor numa foto de família
(Da esq.ª para a dir.ª, João Francisco, Mia, Clara, Anna, Max, Ema e Pedro)
Da esq.ª para a dir.ª, Ema, Clara, Anna, Pedro, Max e Mia
Pedro e a família
Pedro Lima, ao centro, com toda a família, à beira-mar

Já este mês, a imprensa cor-de-rosa portuguesa publicou notícias que davam conta de que “após quase duas décadas de namoro e quatro filhos em comum, o ator e Anna Westerlund planeiam casar e organizar uma festa com toda a família para celebrar o amor que os une”.

O desporto

No desporto Pedro Lima destacou-se especialmente na natação. Em 1988, então com 17 anos, participou nos Jogos Olímpicos de Seul, Coreia do Sul, tendo ficado em 42.º nos 100 m mariposa, e em 62.º, nos 100m livres. Na edição seguinte dos Jogos, 1992, decorrida em Barcelona, Espanha, Pedro ficou em 43º nos 50 m livres e em 53º nos 100 m mariposa.

Actualmente era assíduo praticante de surf e tinha a companhia dos filhos nas idas ao mar.

O actor a fazer surf
Pedro e os filhos, João Francisco e Max, após o regresso às ondas

As reacções ao seu desaparecimento súbito

Na TV, nas redes sociais e um pouco por todo o lado sucedem-se as reacções à morte do actor.

Nuno Santos, director de programas do canal generalista que primeiro deu a notícia, deixou um texto no Instagram em que afirma que esta foi uma morte “inesperada e brutal”.

Também as mensagens de colegas de profissão, apresentadores e amigos denunciam todas o espanto perante tão inesperada notícia.

Mensagem da actriz Fernanda Serrano
(Pedro, Anna e Fernanda)

A mensagem do actor Ricardo Carriço

Também a histórica actriz Eunice Muñoz deixou uma palavra para a família

O Sporting Clube de Portugal, de que era sócio, registou a dedicação do actor

Também a Federação Portuguesa de Natação endereçou palavras à família, via Facebook

Que descanse em paz!

Nota: todas as fotos foram recolhidas no Instagram do actor e do das pessoas referidas no texto.

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.