Mudo ou não mudo?

Quando se começa um processo de mudança, há geralmente um momento inicial onde parece que as coisas em vez de melhorarem, pioram.
Quando se abrem certas portas e começamos a ver as coisas como elas são, e a ver as raízes dos acontecimentos e de determinados comportamentos, dói.
Se o objetivo for perder peso, antes de as gorduras começarem a derreter, os primeiros dias ou semanas custam muito. Ficamos doridos, cansados, e temos que abrir mão de coisas que gostamos de comer.
Se o objetivo for fazer mais dinheiro, também temos primeiro que cortar em certas despesas. Isso dói.
Se o objetivo for ter o emprego dos meus sonhos, primeiro tenho que abrir mão do emprego que tenho, e durante um momento isso gera uma certa insegurança. Isso dói.
Se o objetivo for abrir uma empresa, o início pode ser complicado pelo investimento financeiro, e pela primeira dificuldade em conseguir clientes. Isso também dói.
Se o objetivo for ser feliz no amor, e percebemos que a pessoa com quem estamos não é a ideal, e temos de tomar a decisão inicial de abandonar o relacionamento atual, pode num momento parecer que estamos ainda mais infelizes. Isso dói.

Ou seja, se o objetivo é subir, vamos ter primeiro que descer. Costumo dizer que é para tomar balanço…

Este fenómeno é quase como uma lei da física. Ninguém alcança coisas grandes sem sacrifício, empenho e esforço. O engraçado é que as pessoas dizem que entendem isto, mas não entendem na prática. Porque quando chega a hora de pagar o preço, é esse mesmo preço que as trava, é essa dor inicial que as inibe.

Não percebem que essa dor é sinal de caminho certo!!

O meu conselho? Aproveita esse momento de dor, e decora cada dificuldade, cada “não” que ouvires, cada passo atrás, cada lágrima… Decora porque um dia vais contar a alguém como chegaste tão longe, e esses detalhes irão ajudar alguém também a ultrapassar a sua dor.
Se estás no momento em que estás a decidir o que fazer, a pensar se deves ir em frente e sair da zona de conforto para ir em busca do teu sonho, ou se estás a duvidar por causa da dor que vais sentir, respira fundo e vai! Irá valer a pena!
Se já começaste o percurso e estás no meio da dor, força! Estás no caminho certo! Pode parecer difícil, mas é só a tua história a ficar interessante.
Se desististe por causa da dor, volta ao inicio! Já tens mais experiência neste caminho, e há recompensa no final!
Se ultrapassaste a dor, e conquistaste o teu sonho, por favor, peço-te, ajuda-me a dizer ao máximo de pessoas como é bom chegar ao outro lado!

Até para a semana!

Deixe o seu comentário