Negros Inventores: Granville Woods, o maior electricista da história

Com apenas 10 anos de idade, abandonou a escola para trabalhar, chegou a ter mais de três empregos em simultâneo. Começou por trabalhar numa loja de máquinas, depois numa companhia ferroviária, em Missouri, onde lhe competia colocar o carvão na caixa de fogo do comboio. Trabalhou ainda numa companhia siderúrgica em Springfield, antes de partir para Nova Iorque.

Granville Woods nasceu a 23 de Abril de 1856, em Columbus, no estado norte-americano de Ohio. Filho de Cyrus Woods (afro-americano) e Martha Brown (índia nativa americana), Granville Woodsdesenvolveu, desde muito cedo, um interesse particular por equipamentos electrónicos. Consequentemente, viria a tornar-se no maior electricista da história, inventando o Comboio Eléctrico (Metro), o Condutor Eléctrico Ferroviário, o Sistema Telégrafo Ferroviário, o Transmissor Telefónico, a Chave de Telégrafo, o Forno a Vapor,etc. Mais de 120 invenções suas foram patenteadas.

publicidade

Faça já a sua assinatura: formulário de assinatura
Contactos editoriais: jornalkandandu@gmail.com

Publicidade: vivenviaspress@gmail.com

Em Nova Iorque, trabalhou para outra loja de máquinas, à medida que frequentava a escola de electricidade no período nocturno. Aos 22 anos, começou a trabalhar para a companhia britânica Ironsides, que possuía uma vasta frota de navios. O jovemviajaria pelo mundo inteiro com a Ironsides, numa expedição que duraria dois anos. Quando regressou aos Estados Unidos da América, fixou-se em Cincinnati, Ohio.

Em 1884, Woods afirmar-se-ia como um dos maiores inventores da história. Revelaria ao mundo a sua genialidade. Além de aprimorar vários equipamentos já existentes, inventaria muitos outros. Inventou o Novo Transmissor Telefónico, que funcionava numa distância maior que o transmissor já existente, oferecendo melhor qualidade de som e audibilidade, garantindo, assim, uma comunicação eficiente. Mas o génio não parou por aí, tinha a noção do que podia oferecer à humanidade e continuou a trabalhar noutras invenções.

No dia 3 de Junho de 1884, inventou o Forno a Vapor (Steam Boiler Furnace).Em 1885, inventou o Telégrafo (Telegraph Keys); com este equipamento, as pessoas podiam comunicar-se da mesma forma que o fazem hoje com o telemóvel. O inventor vendeu esta patente à American Bell Company.

Inventou também o “Amusement Apparatus”, um aparato para parques de diversões. Esta invenção foi patenteada no dia 19 de Dezembro de 1899. O génio inventou ainda o Incubador de Ovos, um instrumento onde os ovos são mantidos na temperatura ambiente exacta para chocar. Através deste método, era possível assistir a mais de 100.000 pintainhos a nascer a um só tempo. A invenção foi patenteada no dia 28 de Agosto de 1900. Um ano depois, a 19 de Novembro de 1901, Woods receberia a patente pela invenção da Linha Férrea Eléctrica.

No entanto, mais invenções estavam a caminho.

Granville Woods inventou o Sistema Telégrafo Ferroviário (Rail Telegraph System) – usado pelos operadores de estações ferroviárias para comunicar com os comboios em movimento –, tornando rápida e eficiente a comunicação entre estes, em caso de avarias e outros constrangimentos; tal equipamento ajudaria também a prevenir os constantes acidentes que ocorriam nas ferrovias estado-unidenses. Engenheiros e construtores passaram a usar o equipamento para os mesmos fins.

No dia 29 de Novembro de 1887, inventou o Sistema Telegráfico de Indução e um ano depois, em 1888, inventou uma das suas mais afamadas obras. O Tram – ou Comboio Eléctrico como também é chamado –, um meio de transporte até hoje usado nas mais modernas cidades do mundo como Londres, Nova Iorque, Paris, Bruxelas e Pequim. O Tram ou Comboio Elétrico éé um conjunto de carruagens movidas a eletricidade. Cabos electrificados acima das carruagens fornecem a eletricidade necessária para mover a locomotiva.

Outra invenção relevante de Granville Woods ainda usada no presente é o Condutor Elétrico Ferroviário (Electric Rail Conduit), patenteada no dia 21 de Novembro de 1893. O Condutor Elétrico Ferroviário consiste num caminho-de-ferro com três linhas, onde a terceira linha fornece a eletricidade que permite à locomotiva mover-se.

Portanto, no Comboio Elétrico, a eletricidade que move o comboio é providenciada pelos cabos de eletricidade acima das carruagens. No Condutor Elétrico, por sua vez, a eletricidade é fornecida pela terceira linha de aço que é geralmente a linha do meio. Hoje, o Condutor Elétrico Ferroviário é usado nas estações de metro subterrâneas.

Até 1890, Granville Woods tinha patenteado mais de 100 invenções. E fora, no mínimo, duas vezes chamado a defender em tribunal os seus direitos sob o Sistema Telégrafo Ferroviário. Outro inventor, Thomas Edison, tinha estado a trabalhar num sistema similar ao de Woods. Por esta razão, o inventor, através da sua The Edison Company, abriu um processo em tribunal, na esperança de obter a patente sobre a invenção. Woods gastou muito dinheiro, mas veio a ser recompensado no final, pois permaneceu sua a patente.

 No dia 10 de Janeiro de 1902, Granville Woods inventou o Travão Automático. Pouco depois, a The Edison Company, a mesma companhia que havia reclamado a patente do Sistema Telégrafo Ferroviário, ofereceu uma proposta de trabalho ao inventor. Mas este recusaria.

A morte do inventor foi confirmada pelo Harlem Hospital no dia 30 de Janeiro de 1910. Granville Woods não resistiu a um acidente vascular cerebral.

Várias invenções de Woods foram vendidas às companhias General Electric, Westhouse e American Bell Telephone. Em 1969, uma escola em Brooklyn, cidade de Nova York, recebeu o nome do inventor. Finalmente, no dia 11 de Outubro de 1974, o Governo norte-americano emitiu uma proclamação reconhecendo Granville Woods como o maior eletricista do mundo.

Patentes atribuídas a Granville T. Woods;

Deixe o seu comentário