Novo director da Vogue britânica é homem e negro

O primeiro homem em 100 anos de história da revista. Edward Enninful, nascido no Ghana e criado em Londres, vai ser o novo director da Vogue britânica.

Na comunicação da revista, o presidente da Condé Nast International , empresa que detém a Vogue, Joanathan Newhouse, disse que Enninful é ” uma figura influente nas comunidades da moda , Hollywood e música, que molda o espírito cultural da época”.

Edward Enninful, de 45 anos, será o primeiro homem e o primeiro negro a dirigir a mais importante publicação britânica de moda, que tem uma circulação mensal de 195 mil exemplares. A sua missão passará contudo pela aceleração da transição da revista para o digital. Irá assumir funções a 1 de agosto, substituindo Alexandra Shulman, que dirigiu a revista nos últimos 25 anos.

Edward começou a sua carreira no mundo da moda aos 16 anos, em Londres, e aos 19 já era director de moda de uma publicação internacional, a revista i-D. Foi o mais jovem na história da publicação .É actualmente director de moda e criativo da revista norte-americana ” W”, onde trabalha desde 2011.

Natural do Ghana, vive em Londres desde a infância , tendo sido descoberto por um angariador de modelos quando tinha 16 anos. Frequentou a universidade Goldsmith. Trabalhou com alguns dos maiores nomes da moda , como Giorgio Armani, Christian Dior, Dolce & Gabbana, Valentino, Fendi, Gucci ou Hugo Boss. A sua contratação ocorre após a ” Vogue” italiana também ter contratado um homem para director.

#vivenciaspress #vivenciaspressnews #vpnews #vogue