O poder da escolha

Sou apaixonada por histórias de superação, porque provam que aquelas desculpas que normalmente damos, são apenas isso… Desculpas!
Exatamente na mesma situação, duas pessoas diferentes têm perceções diferentes, logo posturas diferentes, e por fim resultados diferentes. 
Aí é que está… Se vejo de forma diferente as coisas, essas coisas que vejo mudam. Tudo muda. Entra aí o poder da escolha. Escolher o que algo significa, resulta em escolher o que aquele acontecimento fará à minha vida. É por isso que uns têm histórias de superação, e outros afundam-se com qualquer situação!
Há uns anos atrás, um homem tinha uma fábrica de sapatos. Decidiu expandir-se para o estrangeiro, então enviou dois empregados dele. Mandou os dois para o mesmo local sem eles saberem, pois queria ter acesso a duas visões diferentes. 
O país era pobre, e quase ninguém andava calçado. O primeiro voltou e reportou ao seu patrão: “Chefe, ali não vai dar para abrirmos a nossa fábrica, não vale a pena, ninguém usa sapatos, ninguém vai comprar.” 
O segundo voltou, e tendo visto o mesmo, reportou: “Chefe, chefe! Rápido! Temos que ser os primeiros a chegar lá. Ninguém usa sapatos, vamos vender mais que nunca!” 
Há uns que com água, afogam-se, mas há outros que aprendem a nadar. Há uns que caindo de um precipício, caem lá no fundo, outros aprendem a voar. Na dificuldade uns vêm perigo, outros oportunidade. 
Nós não somos os acontecimentos que nos acontecem, somos o significado que damos a eles. 
O que tens escolhido acreditar? 
Até para a semana! 

Deixe o seu comentário