O Poder da Vida

Ao pesquisar sobre os conceitos de Saúde dos grandes mestres da Naturopatia, dei-me conta o quanto foi rica e valiosa a minha infância, no país que me viu nascer e crescer;
África, origem da humanidade, criada por Deus, o grande Mestre dos Mestres.
Em Angola, vivenciar os bons hábitos da Saúde e da harmonia com a Natureza.
Experimentei ainda pela primeira vez aos 7 anos de idade um dos princípios da cura pela Natureza, ensinado por Adolfo Just, Mestre da Vida natural.
Ao ferir gravemente o cotovelo do braço esquerdo, e, pela inexistência de médicos ou postos de saúde, por se tratar de uma região quase selvagem, fui tratada por um curandeiro de uma tribo, com compressas de argila.
Ali, naquele momento, pela mão daquele curandeiro, Deus ensinou-me que um dia eu iria entender os seus princípios e a sua mensagem. E que também eu iria ajudar a curar outros, que como eu precisariam de ajuda.

Anos mais tarde, adoeci em Portugal, com reumatismo ósseo e muscular e mais uma vez Ele me indicou o verdadeiro caminho da cura.
Nos últimos anos tendo com base em práticas de observação e de experimentos, utilizei os ensinamentos de Just e de kneipp, na aplicação do barro e das plantas medicinais e com isso alcancei a cura da minha doença.
Aos poucos fui ganhando mais confiança e crença nos resultados, estudei e apurei os meus conhecimentos sobre saúde preventiva, epigenética e nutrição funcional e comecei a tratar outras pessoas utilizando os mesmos métodos.

Hoje faço deste caminho a fonte de saber para tratar, cuidar e ensinar aos outros que a saúde é algo ao alcance de todos, basta querer SER saúdável.

Por isso hoje trago-vos os ensinamentos de Ellen White, apenas para que possam perceber que a forma de encarar a saúde, é algo que existe há muito tempo, sempre com a mesma visão.
“Nunca será demais lembrar que a saúde não depende do acaso. É resultado da obediência da lei. Isto é reconhecido pelos competidores nos jogos atléticos e nas provas de resistência.
Esses homens preparam-se da maneira mais cuidadosa. Submete-se a um treino perfeito, e uma estrita disciplina.
Todo hábito físico é cuidadosamente regulado. Sabem que a negligência, o excesso ou a indiferença, que enfraquecem ou prejudicam qualquer órgão ou função do corpo, resultariam na derrota”. (2)

”…Há doenças por toda parte, e a maioria delas poderia ser prevenida pela atenção dispensada às leis da saúde. O povo precisa ver a influência dos princípios de saúde em seu bem-estar, tanto no que respeita a esta vida como à futura…” (3)

“Quando o abuso da saúde é levado tão longe que traz em resultado a enfermidade, o doente pode muitas vezes fazer por si mesmo o que ninguém mais pode fazer. A primeira coisa é verificar o verdadeiro caráter do mal, e então operar inteligentemente para remover a causa.
“Se planejarmos sabiamente, os artigos conducentes à boa saúde podem ser obtidos em quase todas as terras. Os vários artigos preparados de arroz, trigo, milho, e aveia são enviados para toda a parte, bem como feijões, ervilhas e lentilhas. Esses, juntamente com as frutas nacionais ou importadas, e a quantidade de verduras que dão em todas as localidades, oferecem oportunidade de escolher um regime dietético completo, sem o uso de alimentos carneos”. (6)

“… temos visto que a lei da vida envolve a defesa. Daqui se deduz que o nosso organismo tende sempre à normalidade e as chamadas enfermidades são reações ou crises curativas que, favorecidas na sua tendência purificadora, manterão a vida normal no indivíduo, ou seja a sua Saúde Integral”. (16)

”…Saúde é o estado de normalidade funcional do organismo.

Doença é alteração da Saúde com diversas manifestações do desarranjo funcional.
Por fim, a morte é a paralisação da actividade orgânica. Daqui se conclui que só se morre por “falta de saúde”. (17)

White,Ellen G., A Ciência do Bom Viver, 1-p.125, 2-p.128, 3-p.147, 4-p.235, 5-p.270,

6-p.299

As obras de Ellen White tratam de teologia, evangelização, vida cristã, educação e saúde.