Operação Fizz: Tribunal procura Manuel Vicente para o notificar

O juiz da Operação Fizz, cujo julgamento decorre no Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa, determinou, na última sexta-feira, a emissão de mandados de detenção de Manuel Vicente, ex-vice-presidente de Angola, acusado pelo Ministério Público de alegadamente ter corrompido o ex-procurador Orlando Figueira, segundo avança hoje o Correio da Manhã .

Os mandados serão muito limitados no tempo e visam apenas notificá-lo da acusação contra si deduzida e consequente prestação de termo de identidade e residência, vulgarmente designado por TIR.

Pretende-se, ainda, informar Manuel Vicente dos prazos que a lei lhe confere para requerer a abertura de instrução do processo. Uma vez informado e cumpridos todos os formalismos, o ex-vice-presidente de Angola será de imediato libertado.

Caso não seja possível notificar Manuel Vicente nos prazos definidos nos mandados, estes deixam de estar em vigor. Esta decisão surgiu na sequência de um pedido do Ministério Público, que terá sido informado que Manuel Vicente poderia estar em Portugal.

Fonte : CM

Exit mobile version